Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

IAA Mobility 2021 dá uma prévia do carro do futuro

Por: Redação.. 17 de Setembro de 2021

O IAA Mobility, Salão do Automóvel de Munique (Alemanha), comemorou sua primeira edição nesta cidade de terça-feira, 7 de setembro a domingo, 12.

Anteriormente realizado em Frankfurt, porém, nesta primeira edição em Munique, o evento se transformou de plataforma de automóvel para plataforma de mobilidade, com o objetivo de transformar a cidade-sede num núcleo urbano “inteligente”, com soluções de trânsito inovadoras.

Confira as principais feiras de negócios aqui.

Por isso, as montadoras começaram no final de semana a mostrar seus próximos lançamentos e novos conceitos com os quais apostarão em um futuro limpo e livre de emissões poluentes. Entre os anúncios que se destacaram estão os da Mercedes-Benz, BMW, Volkswagen, Smart e Ford.

Várias marcas projetaram datas para a virada total de chave, de combustão para elétrico, sem ter em vista limitações de poder aquisitivo de cada país, e, além disso, a infraestrutura capilar ser cara de implantar. 

Isso sem contar a matriz energética mundial, que precisa dar uma guinada muito forte para reduzir o uso de fontes fósseis como petróleo, gás e carvão para gerar eletricidade.

As fabricantes alemãs, como sempre, mantêm o protagonismo de donos da casa. Audi mostrou o carro-conceito Grandsphere que indica como será o sucessor do A8, seu sedã topo de gama, com mudanças externas e internas impressionantes. Outros modelos da marca seguirão a diretriz: Skysphere e UrbanSphere.

A BMW apresentou o avançado conceito i Vision Circular, previsto para 2040. Aplica matérias-primas amplamente recicláveis em um compacto de quatro metros de comprimento. O iX5 Hydrogen pôde ser testado pelos visitantes no circuito do seu estande.

Mercedes-Benz apresentou o EQE, versão elétrica do seu sedã grande, e surpreendeu com o EQG, a visão de como será o SUV elétrico de maior porte que respeita os traços originais. 

O Porsche Mission R, desenhado para futuras competições de monomarca, mantém essa herança e destaca lanternas traseiras com efeito gráfico tridimensional.

A Volkswagen exibiu o conceito de um subcompacto, o ID.Life, também propondo o uso de materiais recicláveis. O entre-eixos de 2,50 m (entre up! e Polo) permitirá agilidade e facilidade de estacionar. Intenção da marca é oferecê-lo, em 2025, por 20.000 euros (R$ 124.000, em conversão direta), equivalente ao atual up!.

Interessante a posição do presidente mundial da Renault, Luca de Meo, quando perguntado durante o Salão pela revista inglesa Autocar, sem citar a Tesla, se não o incomodava uma fabricante iniciante ter valor de mercado muitas vezes superior. 

“Quando se acumulam mais de 100 anos de história e uma força de trabalho de 200.000 pessoas como a nossa, pode ser estranho ver a valorização de bilhões em empresas que oferecem apenas uma promessa. Mas esse é o mundo em que vivemos. Distorção faz parte da vida. Tenho que aceitar isso.”, respondeu.

 Fotos: Reprodução.

 

Tags: melhores-da-semana | feira-de-negocios | salao-de-munique | iaa-mobility