Canal
Exposições

Alemanha anuncia suporte para a indústria de feiras e eventos

Por: Redação. 5 de Abril de 2020

O governo alemão aprovou um programa de emergência de 50 bilhões de euros para reduzir as consequências econômicas do Covid-19 para freelancers e pequenas empresas. De acordo com o plano, eles poderão receber benefícios financeiros diretamente.

O diretor-administrativo da Auma (Associação Nacional da Indústria de Feiras Comerciais Alemã), Jörn Holtmeier, recebeu as notícias e disse que as feiras de negócios precisariam desempenhar um papel crucial após a crise do Covid-19.

De acordo com a Auma, o programa do governo ajudará inúmeros participantes do setor de feiras comerciais: pequenos organizadores com uma ou duas feiras anuais, prestadores de serviços especializados ou contratados freelancers. Além disso, organizadores de eventos e conferências e pequenas empresas de catering também devem se beneficiar.

“As feiras são ecossistemas complexos, que só funcionam se muitos parceiros de tamanhos diferentes estiverem cooperando. Se após a crise do Coronavírus a economia recomeçar, serão necessárias plataformas como as feiras para restabelecer a confiança e fortalecer as relações comerciais por meio de contatos pessoais. Portanto, o setor de feiras precisará de todos os parceiros novamente – com sua qualidade e criatividade habituais. Para manter essa rede de parceiros, o programa para pequenas empresas chega em boa hora.”, afirma Holtmeier.

Uma nova avaliação da Auma mostra que os adiamentos e cancelamentos das feiras custarão à economia alemã aproximadamente 5,5 bilhões de euros e cerca de 45.000 empregos poderão ser afetados.

 

 

Tags: feira-de-negócios | melhores-da-semana | produtores-de-eventos | Coronavírus | Covid-19 | Alemanha