Canal
Esportes

UFC promete evento histórico para estreia em Nova York

Por: Redação 10 de Abril de 2016

Nesta terça-feira (22), após anos de árdua batalha judicial como o principal apoiador da moção, o UFC conseguiu uma enorme vitória e finalmente viu ser aprovado o projeto de lei que regulamenta a prática do MMA profissional no estado de Nova York, único dos 50 dos Estados Unidos que ainda proibia a prática da modalidade.

Como era de se esperar, a organização do Ultimate prometeu um card grandioso para a estreia na cidade de Nova York, mas evitou marcar datas para o evento.

“Nosso primeiro grande evento esperamos que seja no Madison Square Garden. Desde que a gente começou a falar disso, há oito anos, eles nos apoiaram. Nosso primeiro grande evento vai ser lá, mas não temos nada assinado. Também estamos procurando outros mercados. Estamos pensando em outras arenas. Vamos fazer exatamente o que dissemos, levar eventos para lá. Vamos fazer o que fizer sentido. Vamos levar a luta de maior relevância na época. Vamos colocar o máximo de nova-iorquinos no card. Não sei ainda qual o recorde de bilheteria, mas vamos atrás dele. Acho que será um momento épico. Nosso foco é o UFC 200, mas, quando isso passar, vamos ficar muito focados no primeiro card do Madison Square Garden”, disse Lorenzo Fertitta, um dos donos do UFC, em conferência telefônica com a imprensa.

Porém, o Madison Square Garden não foi garantido como a casa do primeiro evento do Ultimate no estado. Isso porque o ginásio é um dos mais requisitados do planeta, seja para shows, lutas de boxe ou demais eventos esportivos – atualmente quatro equipes de basquete, hóquei e lacrosse que mandam seus jogos nas dependências do MSG. “Não tenho certeza de quantos eventos teremos no Madison Square Garden este ano, mas espero que tenhamos um, mas não necessariamente será o primeiro de Nova York. O primeiro no Madison Square Garden será pesado”, garantiu Fertitta.

Até hoje, o Ultimate realizou apenas uma edição no estado de Nova York, mas na cidade de Buffallo, no oeste do estado. O card aconteceu no longínquo ano de 1995, quando o evento sequer era comandado pela Zuffa (empresa de Dana White e dos irmãos Fertitta). Na ocasião, o brasileiro Marco Ruas foi o campeão do torneio do UFC 7, vencendo três lutas na mesma noite.

Tags: Serviços