Canal
Esportes

Três brasileiros do time Oi com chances de título no surfe

Por: Assessoria Oi. 9 de Dezembro de 2015

Foi adiada o início da última etapa do Mundial de Surfe, que estava marcada para ter início no dia 8 de dezembro, em Pipeline, no Havaí. O anúncio oficial do dia sem competições foi feito pela WSL, a Liga Mundial de Surfe, que é a organização responsável por organizar o campeonato.

O motivo que levou ao adiamento foram as ondas baixas no mar, que impossibilitariam a atuação dos atletas para realizar as baterias da triagem, usada para definir vagas para as chaves principais da etapa, que deve ocorrer nessa quarta-feira, às 15h30 (horário de Brasília).

A decisão do título mundial de surfe ficou para a última etapa, quando seis surfistas disputarão a taça de campeão do mundo. Deste grupo, três surfistas patrocinados pela Oi, Filipe Toledo, Adriano de Souza (Mineirinho) e Gabriel Medina, atual campeão, estão na briga pelo troféu mais desejado da modalidade.

Em busca do segundo título mundial na história do País, os brasileiros já sabem quem serão seus primeiros adversários na grande decisão da Liga Mundial de Surfe (WSL). Gabriel Medina enfrentará Keanu Asing na terceira bateria do primeiro round. Apesar da 21ª posição, o rival é considerado perigoso, já que é havaiano e conhece muito bem as ondas de sua terra natal.

Mineirinho entrará na água na bateria seguinte, contra o polinésio Michel Bourez. Na sequência, Filipe Toledo cai no mar contra o norte-americano Kolohe Andino, que surfará mais leve por já ter garantido sua presença na elite da próxima temporada atrás da divisão de acesso da WSL.

No primeiro round, as baterias são triplas. No entanto, o segundo adversário dos três brasileiros será conhecido só mais para frente, após uma disputa local que definirá os quatro havaianos convidados desta temporada, o que dificultará ainda mais a luta por um título para o País.

Filipinho pode fazer história, Medina vai atrás do bicampeonato e Mineirinho quer acabar com o jejum.

Caçula da Liga Mundial de Surfe, Filipe Toledo pode continuar fazendo história para o Brasil na modalidade. Isso porque, se conseguir superar Mick Fanning e Mineirinho em Pipeline, no Havaí, se tornará o mais jovem campeão mundial do esporte. Aos 20 anos de idade, ele superaria o americano Kelly Slater, considerado o melhor de todos os tempos, e seu compatriota Gabriel Medina, primeiro brasileiro campeão da história.

Mas se existe alguém que pode alcançar os 11 títulos mundiais de Kelly Slater, esse alguém é Gabriel Medina. Pelo menos foram essas as palavras da própria lenda americana durante toda temporada do ano passado. Muitos acharam exagero começar com as comparações tão cedo, mas os número provam que Kelly precisa ser ouvido.

Pela primeira vez em dez anos, Mineirinho chega no Havaí, última etapa da CT, com chances reais de se tornar campeão. Para ficar com o título, Mineirinho depende apenas de si. Caso o surfista do Guarujá vença a etapa em Pipeline, no Havaí, se sagrará campeão mundial pela primeira vez na carreira.

Tags: