Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Saiba o que o torcedor precisa apresentar para entrar no Maracanã

Por: Redação com informações do G1.. 14 de Setembro de 2021

O jogo do dia 15 entre Flamengo e Grêmio no Maracanã é considerado um evento-teste pela Prefeitura do Rio. Ao todo, são esperadas 24 mil pessoas no estádio e todas vão precisar apresentar comprovante de vacinação digital, obtido por intermédio do ConecteSUS. 

Também vale a caderneta física de vacinação e ainda o comprovante de resultado negativo (não reagente) de Covid, realizado nos laboratórios credenciados, dentro de um prazo de 48h antes da partida.

Leia também: Rio de Janeiro libera público em estádios a partir de setembro.

O torcedor que já tiver idade para ter sido vacinado com as duas doses só poderá entrar no estádio caso comprove que está completamente imunizado. 

Estádio do Maracanã (Foto: Thiago Ribeiro/Agif/Estadão Conteúdo).

Se tiver idade apenas para a primeira dose, a comprovação também precisa ser feita pelo aplicativo do ConecteSUS ou a carteirinha física.

Inicialmente, a previsão da Prefeitura era de que apenas torcedores completamente imunizados tivessem acesso ao estádio.

A liberação para a presença de flamenguistas no Maracanã foi feita pela SMS, que atendeu a um pedido do clube e autorizou, também, para os jogos nos dias 19 e 22 de setembro.

Especialistas criticam a medida e a consideram prematura

O prefeito Eduardo Paes falou sobre o assunto logo depois de se vacinar, na quinta-feira (9), e disse que “Acredita no especialista que ele contratou”, referindo-se ao secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Soranz também defendeu os eventos-teste e ressaltou que o protocolo define medidas de segurança que precisam ser cumpridas.

As interdições no entorno do estádio estão programadas para começar três horas antes do início da partida, às 21h.

O Flamengo será o responsável por conferir as informações apresentadas pelos torcedores nas 6 entradas do estádio e precisará disponibilizar os dados aos agentes da Secretaria Municipal de Saúde(SME), que vão fiscalizar e avaliar o cumprimento dos protocolos de segurança para evitar contaminação pelo coronavírus.

Homens da Secretaria de Ordem Pública (Seop) também vão atuar no entorno do estádio para impedir a presença de comércio ilegal e de estacionamentos irregulares. 

Além disso, os agentes vão fiscalizar bares e restaurantes da região com o objetivo de garantir que os estabelecimentos funcionem dentro das regras de distanciamento impostas pela prefeitura.

A CET-Rio também vai ordenar o trânsito na região, já que o planejamento começa em horário de rush. A prefeitura deve recomendar ao público que for ao Maracanã que priorize o transporte público, como trens e metrô.

Tags: evento-esportivo | maracana | publico-no-estadio