Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Layback Pro sedia etapa do circuito mundial da WSL

Por: Redação.. 12 de Novembro de 2021

A LayBack, empresa criada por André Barros e seu filho Pedro Barros, um dos principais nomes do skate mundial, vai estrear no Circuito Mundial da World Surf League. 

O LayBack Pro, apresentado pela Billabong, vai sediar uma etapa do WSL Qualifying Series, masculina e feminina, na Praia Mole de Florianópolis. 

Leia também: Brasil terá duas etapas do WSL Qualifyng Series.

Jack Dorian e Sky Brown estão entre alguns nomes confirmados no evento, que será transmitido ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e pelo aplicativo da WSL até 14 de novembro. 

A praia mais badalada da Ilha de Santa Catarina retorna ao cenário internacional do esporte depois de 11 anos, impactando positivamente o turismo do surfe no local e contando com a presença de 150 mil pessoas durante o evento.

“O surfe sempre fez parte da nossa vida aqui em Florianópolis. Poder fazer um evento desse porte para Floripa voltar ao calendário mundial, é um sonho sendo realizado não só para nós, mas, principalmente, para todos os moradores, a comunidade do surfe catarinense e o comércio local. Parabéns a todos os envolvidos, que acreditaram juntamente com a LayBack, nesse projeto de trazer uma etapa do Circuito Mundial de volta para a nossa cidade.”, destaca André Barros.

Além de grandes estrelas do surfe brasileiro e de mais seis países da América do Sul, duas jovens promessas da equipe Billabong vão estrear em etapas do WSL Qualifying Series aqui no Brasil: O havaiano Jackson Dorian de 15 anos e a inglesa Sky Brown de 13 anos. 

Jack é filho do lendário Shane Dorian e Sky ganhou medalha de Bronze no skate nas Olimpíadas de Tóquio, mas é surfista também. Com ela, sobe para sete o número de atletas olímpicos se apresentando na Praia Mole.

O LayBack Pro apresentado pela Billabong será o primeiro evento da World Surf League no Brasil, após a pandemia do Covid-19. A última aconteceu em Fernando de Noronha (PE), em fevereiro do ano passado. 

O resultado na Praia Mole, vai abrir o ranking regional de 2021/2022 da WSL Latin America, que classificará dez surfistas na categoria masculina e cinco na feminina, para disputar o WSL Challenger Series do ano que vem. 

O evento é licenciado pela WSL Latin America e patrocinado pela Corona e GND Incorporadora, além de apoio da rede de hotéis Selina, o clube e resort Surfland Brasil, a Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, da Fundação Municipal de Esportes, da Federação Catarinense de Surf (Fecasurf) e da Associação de Surf da Praia Mole (ASPM).

“Florianópolis é a cidade que representa perfeitamente o que é a essência do surfe e do skate.”, destaca Rafael Alcici, CEO da LayBack. “Então, nada mais justo do que entregar esse evento aos surfistas da Ilha. No que depender de nós, isso acontecerá todos os anos.”

 

Foto: Divulgação.

Tags: WSL | billabong | wsl-qualifyng-series | world-surf-league | surfe