Canal
Esportes

GP Brasil de F1 não esgota ingressos mas paddock está lotado

Por: Redação Promosports 15 de Novembro de 2015

Audiência baixa durante toda a temporada e ausência de um piloto brasileiro capaz de colocar o País no pódio montado em Interlagos. A receita que não tem dado certo nos últimos anos se repetirá na prova da Fórmula 1 neste ano que, mais uma vez, não deverá ter as arquibancadas lotadas na etapa de São Paulo.

Mesmo sem mudança no preço, estagnado nos últimos anos, ainda há vários tíquetes disponíveis para o fã do esporte. Na verdade, o único setor que tem entrada esgotada é um dos mais caros, na reta do boxe. Quem comprou esses ingressos pagou R$ 1.450,00 para assistir à prova paulistana.

Foto: Reprodução.

O local nobre da corrida costuma receber público corporativo, o que facilita as vendas. Os mais baratos, no entanto, com entradas a R$ 525,00 para os três dias de evento, continuam disponíveis para o público.

A direção do GP disse que a venda é superior a 2014, mas a contagem final só será divulgada após a prova.

Considerando o histórico recente, não chega a ser uma surpresa. Em 2013, foi registrado o pior público do Grande Prêmio de Interlagos em cinco anos, com 66 mil pessoas. No ano seguinte, a organização da prova não divulgou quantas pessoas assistiram à corrida principal, apenas o número de pessoas durante todo o fim de semana. Com a maquiagem, foi registrado um aumento de 2% de torcedores em relação à temporada anterior.

Ainda assim, Interlagos tem sido uma aposta da Prefeitura de São Paulo para receber turistas. Após abrir mão da Fórmula Indy, o governo tem gastado R$ 160 milhões em obras no local para garantir a permanência da etapa brasileira no local. Em 2016, as reformas estarão completas, mas elas não devem fazer diferença para o público, já que envolvem prioritariamente as estruturas para as equipes. 

Agências brasileiras em ação
 
Se nas arquibancadas o movimento não é o esperado, nas áreas VIP, que reúnem os ambientes exclusivos das marcas patrocinadores, a lotação é completa.
O evento é o ponto ideal para ações de relacionamento. Se olharmos para a história do mercado promo na país, foi a Fórmula 1 que trouxe para cá o conceito de Hospitality Center, que posteriormente foi absorvido e hoje acontece em todas as regiões do Brasil. Tanto que já existem casos em que o evento é armado especialmente para que uma área de recepção seja montada e o cada vez mais necessário contato "olho no olho" seja realizado com muito estilo entre a empresa e seus steakholders.

Nesta ano em Interlagos, quatro agências brasileiras produziram ações de live marketing no padock de Interlagos.
Destaque para Netza, que tem forte atuação no segmento automobilístcio a há vários anos marca presença em Interlagos.
Em 2015  a Netza está atuando nos ambientes da Williams F1 Team, Red Bull Racing, Toro Rosso F1, Mercedes-AMG e Team Lotus!
 

 

 

 

 

 
 
A Agência registrou as ações em sua página nas redes sociais

 

Tags: