Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Escola brasileira no Japão recebe o mascote Ginga

Por: Redação.. 28 de Julho de 2021

A cidade japonesa de Hamamatsu, localizada na região litorânea do Japão, é conhecida como a "mais brasileira" do país, abrigando cerca de 10 mil brasileiros.

Escolhida como uma das bases de treinamento do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), em função da proximidade com a Capital, Tóquio, a cidade deve hospedar delegações olímpicas brasileiras ao longo do evento. 

Leia também: COB cancela Casa Brasil em Tóquio.

Toda essa movimentação está animando uma escola de Hamamatsu em que a maioria dos estudantes já declarou torcida para o Brasil nessas Olimpíadas

Dos 260 alunos que o Colégio Mundo de Alegria possui, cerca de 250 são descendentes de brasileiros. Com uma relação estreita com o Brasil - a escola é conveniada ao Sistema Positivo de Ensino -, é uma das maiores escolas brasileiras do Japão

O colégio ministra aulas no idioma japonês e português, preparando os alunos tanto para o retorno ao Brasil, quanto para continuarem os estudos no Japão. 

A diretora-geral, Masami Matsumoto, que é japonesa, afirma que o colégio faz questão de manter viva a identidade brasileira dos alunos e um evento como os Jogos Olímpicos é uma ótima oportunidade para trabalhar essa questão. 

"A espera pelos jogos oli?mpicos foi um pouco maior do que o imaginado, mas sem dúvida a animação e a vontade de torcer não diminuíram.", afirma Masami. 

Nesta semana, a escola recebeu a visita dos mascotes olímpicos Ginga (do Brasil) e Ieyasu Kun (da cidade de Hamamatsu). O Cônsul-geral do Brasil em Hamamatsu, Aldemo Serafim Garcia Júnior, também estava presente. 

Os alunos aproveitaram e ofereceram aos visitantes uma apresentação de Wadaiko, em que tocaram o taikô (tambor japonês) com uma música especialmente feita para o Brasil. "Com certeza, essa interação fez crescer, ainda mais, nos nossos alunos a vontade de torcer para o Brasil.", reforça a diretora.

A relação da escola com as Olimpíadas começou em 2017, quando receberam pela primeira vez as equipes masculina e feminina de Judô da Seleção Brasileira. 

Os alunos se entusiasmaram tanto que, em 2018 e 2019, a delegação brasileira visitou novamente a escola. Em 2019, os alunos prepararam também uma apresentação de coral especialmente para os atletas paralímpicos brasileiros que visitaram Hamamatsu e a escola. Tudo isso fez com que as crianças e adolescentes começassem a aguardar ansiosos pela realização dos jogos. 

 

Fotos: Divulgação.

 

Tags: cob | olimpiadas | mascote-ginga