Canal
Esportes

Da roça para os Jogos Olímpicos

Por: Assessoria. 10 de Novembro de 2015

Os Jogos Pan-Americanos dominavam o Rio de Janeiro, em 2007, quando Wellington Bezerra fez suas primeiras corridas em Buíque, Pernambuco. Ao ver Franck Caldeira conquistar o Ouro na maratona, virou fã e decidiu que trilharia o mesmo caminho.

Hoje, líder do ranking brasileiro de corrida de rua, Wellington disputará a etapa de São Paulo do Brazil Run Series/Circuito de Corridas Caixa, dia 22 de novembro, para consolidar sua posição. E, às vésperas da Olimpíada de 16, sonha em repetir o feito do ídolo e subir ao pódio diante da torcida brasileira.

Foto: Luiz Doro.
Wellington Bezerra.

"Era mais uma brincadeira entre amigos, no começo. Eu jogava futsal, mas vi um cara correndo ao redor da quadra e quis experimentar. Fiz umas corridinhas na região, e terminava sempre entre os primeiros. Aí larguei o futsal e me dediquei à corrida.", lembra Wellington Bezerra, pernambucano de Tupanatinga que passou a infância e a juventude em Buíque.

No ano seguinte, apoiado por comerciantes de Buíque, disputou com um amigo a Corrida Internacional de São Silvestre. Wellington tinha passagens de ida e volta, mas, inspirado pela vitória de Franck Caldeira no Pan, decidiu ficar em São Paulo e apostar tudo na carreira como atleta. Encontrou emprego como ajudante de jardineiro em Barueri, e, no final do dia, voltava correndo para a casa que dividia com o irmão do amigo, em Itapevi. Acabou chamando a atenção do treinador Clóvis Estevão.

Wellington passou a morar no alojamento do Grêmio Recreativo Barueri, em 2010, com ajuda de custo para treinar. Fez sua primeira competição como atleta de elite, na corrida Zumbi dos Palmares, em São Paulo. Mas a primeira grande conquista apareceu em 2012, quando o fundista venceu uma meia-maratona em Porto Alegre - na segunda vez em que disputava os 21 km - com recorde da competição. O feito mereceu destaque nos principais portais esportivos do Brasil.

Outras conquistas importantes vieram em 2014: campeão da tradicional Corrida de Reis, em Brasília, vice-campeão brasileiro de cross country e campeão brasileiro no Sul-Americano de Cross Country, em Assunção, Paraguai. "Foi muito emocionante subir ao pódio, sabendo que eu tinha saído da roça, em Buíque, e agora estava ali, ouvindo o hino nacional, representando o Brasil.", orgulha-se Wellington. 

Tags: