Esportes

Copa América e Eurocopa são adiadas para 2021

Por: Redação. 26 de Março de 2020

As edições da Eurocopa e da Copa América previstas para o período de junho a julho deste ano foram adiadas para o mesmo período de 2021. 

A decisão foi tomada em função da disseminação do novo Coronavírus, o Covid-19, em todo o mundo.

A Uefa tomou a decisão na terça-feira, 17, em encontro virtual envolvendo as 55 federações filiadas, a associação de clubes e a associação de jogadores. 

O torneio, que estava previsto para ocorrer de 12 de junho a 12 de julho, foi adiado para 2021, de 11 de junho a 11 de julho. 

A Euro 2020, 16ª edição da história da competição, celebra os 60 anos do torneio, e, por isso, será disputado em 12 cidades europeias e não em uma sede fixa.

Com o adiamento e a brecha no calendário, a Uefa espera que as Ligas nacionais e continentais da temporada 2019/2020, que estão suspensas, possam ser finalizadas. 

As finais da Liga Europa e da Liga dos Campeões foram adiadas e têm previsão de acontecer, respectivamente, em 24 e 27 de junho.

“A saúde dos fãs, funcionários e jogadores tem de ser a nossa prioridade número 1, e, nesse espírito, a Uefa apresentou uma gama de opções para que as competições possam terminar esta temporada com segurança e estou orgulhoso da resposta dos meus colegas no futebol europeu. Havia um verdadeiro espírito de cooperação, com todos reconhecendo que tinham que sacrificar algo para alcançar o melhor resultado.”, diz trecho do comunicado de Aleksander ?eferin, presidente da Uefa.

A Conmebol também confirmou na terça-feira, 17, que a 47ª edição da Copa América, que estava marcada para 12 de junho a 12 de julho, na Argentina e na Colômbia, foi adiada para o período de 11 de junho a 11 de julho de 2021. 

A decisão foi tomada em conjunto pelo presidente Alejandro Domínguez e pelas dez federações sul-americanas. Conmebol e Uefa tiveram o apoio da Fifa no adiamento.

“É uma medida extraordinária para uma situação inesperada, e, portanto, atende a necessidade fundamental de evitar uma evolução exponencial do vírus já presente em todos os países das associações-membro da Conmebol.”, diz trecho do comunicado assinado por Domínguez divulgado pela Conmebol.

A Fifa tinha previsto para o verão europeu de 2021, na China, a realização da primeira edição do novo formato do Mundial de Clubes. Com a realização da Copa América e da Eurocopa no período, a entidade estudará a transferência do torneio de clube para o final de 2021, 2022 ou 2023. 

A Fifa também anunciou a doação de US$ 10 milhões para o Covid-19 Solidarity Response Fund, da Organização Mundial da Saúde (OMS).

As competições sul-americanas seguem suspensas, assim como os campeonatos organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os principais torneios estaduais do País. A Série A do Brasileirão estava prevista para começar em maio.

Tags: copa-américa | eventos-esportivos | Coronavírus | Covid-19 | Eurocopa