Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Asics levará atletas amadoras para a Maratona de Paris

Por: Antonio Cervi. 20 de Janeiro de 2022

A Asics, como patrocinadora da Maratona de Paris, uma das mais tradicionais corridas de rua do planeta, que acontece em 3 de abril, está oferecendo um projeto especial que levará atletas amadoras brasileiras à França para correr na competição. 

Nesta ação, a ASICS proporciona um processo de preparação para seis corredoras amadoras e influenciadoras que contém uma série de treinamentos, avaliações e mentoria, fora eventos exclusivos. 

Leia também: Asics Golden Run 2022 tem inscrições abertas

Para reforçar essa ideia, a marca criou o grupo ASICS Lume Club, com a meta de inspirar e encorajar mais mulheres a praticar corrida. Nesta iniciativa, a empresa traz diversas mulheres, cada uma delas com os próprios desafios pessoais, que vão compartilhar histórias pessoais e esportivas inéditas para dividir com o público. 

Durante o processo, elas vão ganhar mentoria, treinamento personalizado, avaliações, produtos e ações preparatórias especiais.

As seis mulheres foram selecionadas a dedo pela marca para representar essa força, paixão e pluralidade, e terão, cada uma, um desafio individual para chegar até Paris. 

As participantes são:  Andressa Lopes (atleta amadora, que terá o desafio de fazer uma prova abaixo das 3 horas); Fernanda Marques (ASICS FrontRunner, vai encontrar na Maratona de Paris seu pico de superação, correndo sua primeira maratona depois de vencer a batalha contra o câncer); Gisa Oliveira (chef de cozinha e corredora, tem como meta fazer sua primeira maratona aos 42 anos); Paula Narvaez (influenciadora e estudante de nutrição, quer servir como uma fonte de inspiração como corredora aos 40 anos aliada à rotina de trabalho, maternidade e conciliar estudos); e Ludmilla Maschion (também ASICS FrontRunner, quer encontrar inspiração no projeto e nas companheiras em sua volta às maratonas). 

Fora as cinco convidadas, a jornalista Marina Ferrari, também vai participar e fará a cobertura do projeto até o dia da Maratona. 

As atletas vão ter, durante o processo, mentoria da atleta ASICS e maratonista Adriana Silva (recordista brasileira em maratonas, bicampeã pan-americana da maratona e participante de duas Olimpíadas), além do suporte e incentivo do embaixador Nicolas Prattes, que também vai a Paris

Os dois, aliás, são os protagonistas do  vídeo-convite que chamou cada personagem do ASICS Lume Club — as participantes, não sabiam nada a respeito do projeto antes da abordagem e muito menos sobre a viagem. 

No decorrer da divulgação, a emoção tomou conta das convidadas, que já imaginam o futuro em Paris e a chance de correr em uma prova de tanto prestígio internacional.

O treinador Marcelo Avelar, um célebre corredor de rua em todo o planeta e um dos idealizadores do projeto Corredores da Zona Norte, será o encarregado pelo acompanhamento dos treinos, com diagnósticos e análise da evolução de cada atleta, usando toda seu conhecimento no esporte. 

As participantes ainda vão contar com um acompanhamento na Ultra Sport Science, famoso centro de reabilitação e performance esportiva. Durante esse tempo, elas terão à disposição médico do esporte, nutricionista, avaliação fisiológica, biomecânica e neuromuscular.

"O ASICS Lume Club é um projeto muito inspirador e que tem uma força mobilizadora enorme. Desde o momento dos convites, em que a emoção toma conta do nosso time, percebemos o quão especial será a preparação dessas mulheres para nos representar em uma prova tão significativa como a Maratona de Paris. E mais do que essa representação, é valioso o fortalecimento da mulher na corrida: precisamos falar disso, engajar, incentivar e ocupar os espaços. Elas trazem toda a potência para essa ideia”, destaca Constanza Novillo, diretora de marketing da ASICS Brasil e América Latina.

Em pouco tempo, novos momentos do projeto serão divulgados. 

“É um momento muito especial para todas essas mulheres incríveis, batalhadoras, que trarão todo o seu brilho para as ruas de Paris, não tenho dúvidas. Em um momento de renovação de ciclos, é uma grande honra para mim poder acompanhar essas atletas em um processo muito construtivo. Tenho certeza que os esforços valerão a pena, e todas nós marcaremos ainda mais as mulheres na história da corrida pelo mundo.” comenta Adriana Silva, mentora do ASICS Lume Club.

A primeira Maratona de Paris foi realizada em 1896 e atualmente é a 2ª maratona mais popular do planeta, reunindo mais de 60.000 participantes. Durante a pandemia de COVID-19, a prova acabou sendo cancelada por causa dos riscos à saúde pública — o que faz crescerem ainda mais as expectativas para a prova deste ano.

Tags: esportes asics corrida maratonas