Canal
Esportes

Amazon e Nike disputam naming rights do Tottenham Stadium

Por: Máquina do Esporte. 22 de Abril de 2020

Um ano após ser inaugurado, na vitória dos Spurs por 2 a 0 diante do Crystal Palace pela Premier League, o Tottenham Stadium segue sem um dono dos naming rights, grande objetivo do presidente do clube, Daniel Levy. 

A espera pode acabar em breve, mesmo com o futebol paralisado por conta da pandemia do Coronavírus. E o nível dos concorrentes é alto.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, Amazon e Nike são duas das principais interessadas no negócio que o Tottenham espera concretizar por, no mínimo, £ 25 milhões por temporada em um contrato de 15 anos, o que daria, no total, £ 375 milhões, e seria o maior acordo global do tipo em toda a história. 

Apesar de não haver nada acertado, as duas multinacionais têm demonstrado "interesse substancial" nos direitos de nome do estádio, segundo a publicação.

Vale ressaltar que tanto Amazon como Nike já possuem boas relações com os Spurs. A gigante do e-commerce e da tecnologia, que vem sendo especulada como próxima dona do patrocínio master do Flamengo, tem um acordo com o Tottenham para a série "All or Nothing", da Amazon Prime Video, plataforma de streaming da Amazon. 

O documentário mostrará os bastidores do clube durante toda a temporada 2019/2020, com foco nas disputas da Champions League e da Premier League.

A Nike, por sua vez, é patrocinadora técnica e fornecedora de uniformes da equipe britânica desde o início da temporada 2017/2018. Em outubro de 2018, o contrato foi renovado pelo menos até 2033, tornando-se um dos acordos mais longos já assinados entre uma empresa de material esportivo e um clube na história do futebol.

Tags: nike | amazon | marketing esportivo