Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

10 mil voluntários desistem de trabalhar nas Olimpíadas

Por: Redação.. 5 de Junho de 2021

Cerca de 10.000 dos 80.000 voluntários previstos para trabalhar nos Jogos Olímpicos de Tóquio desistiram nos últimos meses, revelaram os organizadores a 50 dias para a abertura do evento.

O diretor-geral da Tóquio-2020, Toshiro Muto, revelou à imprensa local na noite de quarta-feira, que cerca de 10.000 voluntários desistiram de trabalhar no evento nos últimos meses, principalmente devido a preocupações com o Coronavírus.

O melhor do marketing esportivo está aqui.

Leia também: Cancelamento de Tóquio-2020 causaria prejuízo de US$ 16 bi ao Japão.

Outros se retiraram por motivos de calendário, depois que os Jogos foram adiados por um ano, ou para protestar contra os comentários sexistas do ex presidente de Tóquio-2020 Yoshiro Mori, que foi forçado a renunciar em fevereiro e foi substituído por Seiko Hashimoto.

Alguns voluntários também podem estar entre os cerca de 80% dos japoneses que se opõem à realização dos Jogos neste ano, de acordo com pesquisas nacionais. 

As pesquisas em Tóquio revelaram uma distribuição mais uniforme (50-50) entre apoiadores e opositores. Muto garantiu que o menor número de voluntários não afetaria os Jogos.

A própria Seiko Hashimoto disse a um jornal esportivo local que estava descartando um novo adiamento e que o cancelamento só ocorreria em circunstâncias catastróficas, se a maioria das delegações fosse impedida de ir ao Japão.

Os Jogos Olímpicos estavam programados para 2020, mas foram adiados por um ano devido à pandemia. As Olimpíadas estão previstas para ser disputadas de 23 de julho a 8 de agosto.

Devido a uma quarta onda de infecções, Tóquio e outros nove departamentos permanecerão em estado de emergência de saúde até um mês antes dos Jogos.

Foto: Reprodução.

Tags: evento-esportivo | melhores-da-semana | jogos-olimpicos | toquio-2020