Canal
Entretenimento

Tem início a Virada Sustentável em São Paulo

Por: Redação. 17 de Setembro de 2020

A Virada Sustentável chega à sua 10ª edição em São Paulo. O movimento, que engloba mais seis cidades, acontecerá de forma híbrida, com programação on-line e atividades em alguns lugares físicos. 

A Virada começou na quarta-feira, 16, com uma projeção de mensagens em empenas de vários prédios, e se estende até o dia 18 de outubro, com ações distribuídas ao longo de cinco semanas.

O melhor do entretenimento está aqui.

Tudo sobre o mercado de live marketing está aqui.

Durante esse período, em todas as regiões de São Paulo e nas plataformas virtuais, a Virada Sustentável 2020 apresenta uma programação inteiramente gratuita, com instalações, projeções, grafites, cinema, intervenções, programação de bem-estar, além do Fórum Virada Sustentável

As atividades da Capital paulista bem como de outras cidades estão disponíveis no site do movimento.

Intervenção do artista holandês Henk Hofstra, composta por ovos fritos gigantes estalados no asfalto (Foto: Divulgação).

O evento tem como objetivo apresentar uma visão positiva e inspiradora sobre a sustentabilidade e seus diferentes temas para a população. Outra meta é reforçar as redes de transformação e impacto social existentes nas diferentes cidades que participam do movimento.

Intervenções artísticas

A atividade inaugural da Virada em São Paulo, “Juntos recriamos o futuro”, executada pelo Coletivo Projetemos, levará textos para o espaço urbano da Capital paulista. 

Eles também serão projetados em Salvador, Fortaleza, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Manaus. As mensagens são resultado de reuniões virtuais de cocriação sobre desejos de futuro elaboradas com a colaboração de centenas de organizações e personalidades, sob diferentes frentes temáticas. Elas ganharam tratamento gráfico de um time de designers e ilustradores.

Entre as intervenções artísticas programadas para a Virada estão “Eggcident”, do artista holandês Henk Hofstra, composta por ovos fritos gigantes estalados no asfalto. Ela poderá ser vista no Largo da Batata, mesmo local que vai receber a instalação “Olha pro céu, meu amor”, um túnel que convida os pedestres a lerem frases escritas sobre consumo consciente. 

No dia 17 de setembro, o Largo é visitado também pelo Homem Sustentável, um performer que carrega em seu corpo um "Objeto Sustentável” que produz seu próprio oxigênio.

Outra atração especial da Virada Sustentável acontece no dia 2 de outubro, quando o Memorial Inumeráveis e a dupla VJ Suave se unem para apresentar projeções que compõem uma narrativa a ser vista na arquitetura de prédios, casas, árvores e superfícies. O conteúdo escrito é fruto do relacionamento do Inumeráveis com lideranças indígenas que perderam seus parentes pelo Covid-19.

No mesmo dia e até 4 de outubro, ocorre o Festival de Luzes de São Paulo, o principal evento nacional de projeções mapeadas da cidade, que traz o tema “Uma Visão do Futuro”, misturando arte, tecnologia e arquitetura.

Dia da Paz

No dia 21 de setembro, haverá um conteúdo integrado à Virada Zen, que celebra o Dia Internacional da Paz na data. 

O Amanhã da Paz será como uma meditação global simultânea, acontecendo com a participação de mais de 200 lideranças espirituais e religiosas, professores e porta-vozes da cultura de paz. Dentre as presenças confirmadas estão Bruna Lombardi, Mariana Ferrão, Chandra Lacombe, Marcia de Luca, Tadashi Kadamoto, Roberto Shiniashiki, Roberto Crema (Unipaz), Ken Odonell (Brahma Kumaris Brasil), Lama Padma Samten (CEBB), Padre Domingos Cunha (IESH), Monja Coen (Zen Brasil) e Deva Premal & Miten.

Fórum

Para evitar aglomerações, a Virada terá sua programação de conhecimento, o Fórum Virada Sustentável, em plataforma digital. Todas as atividades contam com tradução em Libras e tradução simultânea nas palestras de convidados internacionais.

Durante o Fórum, serão realizadas palestras sobre economia circular, mudanças climáticas, meio ambiente, futuro do trabalho, diversidade e inovação social, dentre outros temas. Para participar, os interessados precisam se inscrever gratuitamente na atividade de interesse no site da Virada Sustentável.

Entre os convidados confirmados estão a economista britânica Kate Raworth, criadora do conceito da “Economia Donut”, nesta sexta-feira, 18, às 14h; e o arquiteto William McDonough, coautor do livro “Cradle to Cradle” (Do Berço ao Berço), um dos pilares do conceito de economia circular, no dia 21 de setembro, às 14h.

Apoios, parcerias, patrocínios

A edição paulistana é realizada em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e está alinhada aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Essa agenda de desenvolvimento, assinada por mais de 190 países, tem como objetivo determinar o curso global de ações da sociedade, indivíduos e governos, para erradicar pobreza e desigualdade social, promover a saúde e o bem-estar geral, respeito à diversidade, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas, entre outras metas, até o ano de 2030.

A Virada Sustentável é apresentada pela Braskem. Tem patrocínio de Novelis, Ambev, Gerdau, Electrolux, co patrocínio da Liberty Seguros, Instituto Center Norte, TetraPak e apoio das empresas Ball, ValGroup, Isa Cteep, Mercado Livre, Sabesp, Scania e Nestlé, além de parceria com CBN, Estadão, Ótima, Pacto Global, Cebds, Akatu, Abrelpe, Nic.Br. Ela é uma co-realização da Prefeitura de São Paulo.

Tags: Sustentabilidade | evento | entretenimento | live marketing | Virada Sustentável | Virada Sustentável em São Paulo