Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

SP vai exigir passaporte da vacina em todos os eventos

Por: Antonio Cervi. 10 de Janeiro de 2022

A Prefeitura de São Paulo decidiu hoje que a apresentação do passaporte da vacina contra a Covid-19 será obrigatória em todos os eventos do município a partir da próxima segunda-feira (10).

A nova orientação foi decidida devido ao aumento dos casos de contaminação pela variante do coronavírus e pela Influenza na cidade.

A exigência altera as regras estabelecidas pela Prefeitura desde setembro, quando passou a ser solicitada a apresentação do comprovante de vacinação apenas nos casos dos eventos com mais de 500 pessoas.

Com a mudança, o passaporte terá de ser apresentado em qualquer tipo de evento, não importando a quantidade de pessoas.

“Tínhamos um protocolo inicial que apontava que eventos com mais de 500 pessoas deveriam exigir o passaporte. Estamos fazendo essa alteração em função do quadro epidemiológico que a cidade vive hoje. Enquanto existir esse quadro de ascensão da ômicron na cidade, vamos exigir para qualquer evento a necessidade do passaporte”, declarou o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido.

De acordo com as informações da pasta da Saúde, São Paulo vem reportando aumentos graduais de pessoas com síndromes gripais nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas Unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) da metrópole.

Apenas ontem, cerca de 53 mil pacientes se dirigiram aos serviços de saúde reclamando de sintomas respiratórios.

A quantidade, conforme os representantes da Vigilância em Saúde da cidade, é cerca de quatro vezes superior à média de atendimentos diários registrados antes da segunda metade de dezembro, época em que os atendimentos passaram a crescer na capital.

Graças a esse alto número de novos pacientes, o prefeito Ricardo Nunes exigiu hoje que todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) e as unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMAs) da cidade abrirão também aos sábados, para conseguir atender ao elevado npumero de pessoas com alguma forma de síndrome gripal.

O crescimento da procura na rede de saúde municipal fez a Prefeitura de SP resolver contratar mais 280 médicos e enfermeiros para o município desde a 2ª metade de dezembro, de acordo com as informações da secretaria da Saúde.

As contratações foram efetuadas pelas Organizações Sociais (O.Ss) que fazem a gestão das AMAs e UBSs da capital paulista, conforme informa Edson Aparecido.

Tags: eventos | sao-paulo | coronavirus