Canal
Entretenimento

Música popular e concertos se encontram no Festival Sesc

Por: Redação 7 de Janeiro de 2020

Festival promovido pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc reunirá professores de 14 países e 400 estudantes de música de 20 a 31 de janeiro, em Pelotas.

A 10ª edição do Festival Internacional Sesc de Música contará com uma extensa programação cultural inteiramente gratuita, que estará ao alcance dos moradores de Pelotas e região.

O melhor do entretenimento está aqui.

Leia também: Projeto Sesc Verão 2020 leva ampla programação a seis municípios.

O Festival, já consolidado no calendário da cidade, irá ao encontro da comunidade com espetáculos em diversos espaços públicos, como hospitais, asilos, praças, igrejas, e locais tradicionais como o Theatro Guarany, que em 2020 completa 99 anos desde a sua inauguração.

A décima edição do Festival contará com 53 professores vindos de 14 países, alguns deles integrantes das mais reconhecidas orquestras europeias. Eles darão aulas no período da manhã a quase 400 estudantes de música – foram mais de mil inscritos – vindos de 22 Estados brasileiros e de outros países da América Latina.

À tarde e à noite, espetáculos reunindo alunos, professores, orquestras e grupos comunitários levarão o encanto da música de concerto a diversos cantos de Pelotas.

A Orquestra Jovem Sesc Pará virá em peso para uma apresentação com seus 72 integrantes para o primeiro dia do evento, que terá na estreia ainda a apresentação da Orquestra Jovem Sesc Roraima e um cortejo musical pelo Centro da cidade.

O Festival é uma oportunidade de constatar que a música é uma linguagem universal, capaz de emocionar adultos e crianças e reunir, sob o mesmo compasso, instrumentistas, regentes e cantores que se encontram pela primeira vez em Pelotas.

É o caso dos recitais realizados às 19h, que congregam os professores do evento - músicos de países tão diferentes quanto Argentina e Bielorrúsia, Brasil e Noruega, Japão e Nova Zelândia, que fazem parte de algumas das principais orquestras do mundo.

Jovens músicos, muitos deles em situação de vulnerabilidade social, vindos do Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Sergipe formarão a Orquestra Jovem Sesc e terão a oportunidade de ver de perto as possibilidades que são abertas pela dedicação ao estudo da música.

“É um Festival que já está consagrado no calendário. Promove cidadania, bem-estar e felicidade para as pessoas, além de trabalhar um objetivo técnico de contribuir para a formação musical, para o desenvolvimento de jovens talentos e para a economia local.”, afirma o gerente de Cultura do Sesc/RS, Sílvio Bento.

A proposta do Festival, neste ano, é valorizar o rico patrimônio arquitetônico de Pelotas e a sua tradição musical e cultural, com uma origem que remonta ao tempo das charqueadas.

O evento também procura derrubar as barreiras entre a música de concerto e a música popular ao incorporar ritmos contemporâneos.

Entre os destaques da programação que seguem esta proposta está um concerto da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e Kleiton & Kledir, em comemoração aos 40 anos de carreira da dupla, um concerto temático para crianças que apresenta a música clássica com uma linguagem adaptada ao público infantil, a apresentação da Banda Tum Toin Foin, que mistura rock com música de câmara e explora os limites entre o erudito e o popular, entre outras atrações que prometem encantar a comunidade de Pelotas e visitantes.

A programação completa está disponível no site.

 

Fotos: Flávio Neves e Camila Hein.

Tags: evento | pelotas | brand-experience