Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

MasterChef Brasil volta às suas origens

Por: Redação.. 29 de Junho de 2021

A oitava temporada do MasterChef Brasil, que estreia em 6 de julho, às 22h30, na tela da Band, retorna ao seu formato original, no qual somente um competidor leva o prêmio de melhor cozinheiro amador do País ao final da competição. 

Ano passado, por conta da pandemia do Covid-19, a atração havia mudado sua dinâmica para um vencedor por episódio.

Cris Moreira, diretor-geral de comercialização do Grupo Bandeirantes, explica que a volta às origens do programa aconteceu devido ao atual momento da pandemia e da vacinação no País. 

Moreira ainda reforça que, neste ano, para gravar o programa, os 23 participantes da competição ficaram confinados para que a emissora tivesse um controle e uma segurança maior da saúde de todos. 

“Como hoje já temos um horizonte um pouco mais definido, tivemos condições de contar com toda a segurança possível e necessária para os participantes, chefes e equipe de produção. Então tivemos condições de voltar ao formato tradicional.”, ressalta.

Além do retorno ao formato original, a nova edição terá a participação da chef brasileira Helena Rizzo, substituindo a chef Paola Carosella no quadro de jurados do programa, que ainda conta com os chefs Henrique Fogaça e Érick Jacquin

“Imaginávamos que, neste momento, alguém para substituir uma chef MasteChef, do calibre da Paola, precisaria ser alguém que fosse premiado mundialmente, como a Helena.”, comenta o diretor-geral de comercialização do Grupo Bandeirantes.

No ar desde 2014, o reality culinário, com formato original da Banijay e produção da Endemol Shine Brasil para a Band, se tornou um dos principais produtos da grade da emissora devido ao seu potencial de agradar a audiência e atrair anunciantes. 

A oitava temporada da atração contará com 18 anunciantes – um a menos que a anterior – divididos entre cotas master: Amazon, Brastemp, Britânia, Claro, Seara, Sumup e TikTok; cotas de apoio: Cacau Show, Diageo, Eisenbahn, Hoteis.com, Renata e Samsung; cotas de participação: Veja; cotas de merchandising: Colgate, Garibaldi e Oxford; e top de 5 segundos: Piracanjuba.

Além de terem suas marcas estampadas em um dos maiores realities shows da televisão brasileira, os anunciantes também premiarão os participantes. 

Fora o troféu para o grande campeão, a SumUp vai presentear o vencedor de cada prova individual um prêmio de R$ 1 mil e o melhor cozinheiro da temporada com R$ 300 mil. 

O novo MasterChef Brasil também ganhará R$ 5 mil em compras por mês durante um ano, da Amazon, para ser usado no site da varejista. Já a Claro levará o grande campeão e um acompanhante para um destino gastronômico inesquecível. O vencedor da edição ainda vai levar para casa produtos da Britânia e uma cozinha completa da linha Gourmand, da Brastemp. 

Por fim, assim como nas temporadas anteriores, o grande campeão terá a oportunidade de fazer um curso de técnicas tradicionais da culinária francesa na Le Cordon Bleu Brasil. O segundo colocado também ganhará um curso de habilidades e técnicas da pâtisserie na escola de origem francesa.

Moreira afirma que o que atrai os anunciantes para o programa é seu conteúdo relevante e sinônimo de gastronomia no Brasil. “É um produto de muita entrega de relevância. Isso faz com que o produto todos os anos passe a ter recorde de arrecadação comercial. Para se ter uma ideia, o mercado de televisão aberta cresceu 1% do ano passado para este ano, o MasterChef está crescendo 33% em receita. É um resultado muito positivo.”, complementa, reforçando que esta edição terá ainda mais interação em múltiplas plataformas, incluindo o TikTok, com conteúdos 24 horas por dia. “Podem esperar um MasterChef na tela da TV às terças, às 22h30, e o restante da semana em todas as nossas outras plataformas.”

 

Foto: Reprodução.

Tags: band entretenimento MasterChef-Brasil