Canal
Digital

Marketing digital e o uso inteligente de dados

Por: Redação com informações da Circle Aceleradora. 21 de Setembro de 2020

O marketing digital e o uso inteligente de dados são sempre pauta em quaisquer reuniões e rodas de conversa no meio da comunicação atualmente. 

É hora das empresas  começarem a cobrar e usar de forma eficiente não só os dados que querem, mas  também aqueles que são úteis em suas estratégias de comunicação

Confira as últimas novidades sobre digital e tecnologia aqui.

Leia também: Circle é a primeira aceleradora de martechs do Brasil.

O ano de 2020 virou a vida dos profissionais de marketing de cabeça para baixo. Diante de uma crise econômica e de saúde sem precedentes, agências se esforçaram para ajustar e otimizar seus cronogramas, entender o comportamento das personas e alinhar suas estratégias. 

Por isso, mais do que nunca, reforçaram seu papel como ferramentas imprescindíveis para o sucesso e resultados das empresas  em meio à pandemia.

A digitalização crescente e necessária neste momento, no entanto, demanda novas ideias, ações inovadoras, estratégias que saiam do lugar comum, e, obviamente, essas ações demandam não só um planejamento estratégico eficiente – mas tempo hábil para execução e investimentos. 

Análise de marketing em tempos de Coronavírus

Em questão de dias, o comércio fechou, vendas em e-commerces dispararam  e as interações on-line com as marcas explodiram. Enquanto isso, o consumo de mídia mudou à medida que mais pessoas começaram a trabalhar em casa. 

Passamos mais tempo on-line, assistindo a lives, ouvindo podcasts, consumindo horas e horas de conteúdo em diferentes plataformas de streaming – sem falar na programação normal das TVs (inclusive abertas) -, deixando de lado, momentaneamente, a  interação física e presencial.

Essa mudança rápida e radical foi batizada como  o tal “novo normal”, que já cansadamente ouvimos em spots de rádio e TV. Mais do que nunca, os profissionais de marketing foram obrigados a tomar decisões em tempo recorde – sempre baseados  no uso inteligente de dados.

Mas como traçar novas estratégias e ressignificar os ambientes digitais das  marcas  sendo que elas próprias, por muitas vezes, não compreendem as tendências do marketing 4.0 e que quem manda é sempre o cliente final? 

É claro, todos nós temos nossos gostos e predileções, mas contra dados não há argumentos. No entanto, insistir demais em uma ideia apenas baseada em achismos e investir todos os recursos sem uma estratégia assertiva, pode gerar um resultado frustrante e negativo.  

Para evitar que marcas e empresas despejem seus esforços e recursos em estratégias pouco efetivas, equipes de marketing e business intelligence são responsáveis por coletar, analisar e traduzir dados, gerando campanhas muito mais eficientes.  

De acordo com a especialista em pesquisas Gartner, em 2019, os CMOs investiram mais em análises de marketing do que nos anos de 2015, 2016, 2017 e 2018 juntos.

A estratégia de marketing da sua empresa é baseada nos dados certos?

As empresas podem não saber, mas agências de marketing digital e seus profissionais investem incontáveis ??horas coletando milhares de dados para que suas campanhas sejam eficientes e suas estratégias de comunicação assertivas. 

Em outras palavras, sem uma estratégia clara sobre quais são os objetivos da marca e onde ela quer chegar, baseada no conhecimento técnico e especializado de profissionais de marketing digital, todo esforço será em vão e seus  resultados não aparecerão.

A pesquisa da Gartner também revelou que quase um terço (31%) dos profissionais envolvidos em projetos recorrentes de marketing enfrentam o desafio de gerar relatórios ricos em informações para próximos passos, mas esbarram em “o que as empresas  querem”.

A falta de entendimento de negócio e do olhar para o “cliente final” atrapalha ações eficientes, e, consequentemente, prospecções e vendas.

Como atrair a atenção das empresas para relatórios eficientes no marketing digital? 

Parece óbvio, mas organizar as ideias, começando com o conjunto de dados mais simples, é necessário para tomar decisões de negócios que se apoiem em números. Lembre-se: um arroz e feijão bem feito vale muito mais que um caviar estragado.

Em tempos de investimentos escassos, apostar na simplicidade e eficiência é o melhor caminho e – como já disse anteriormente – contra dados não há argumentos.

Na Agência Bowie, priorizamos as estratégias eficientes e personalizadas. Sempre que um cliente novo chega,  temos uma primeira etapa fundamental para nossos trabalhos,  que envolve os planejamentos estratégicos e táticos, a  elaboração das personas e  a definição de KPIs.

A partir desse trabalho minucioso, conseguimos entender quais são os métodos mais eficientes para cada cliente, quais as palavras-chave ideais para nossa estratégia de SEO e Inbound Marketing, e, com  todos os dados à disposição, nossa atuação no marketing digital se torna mais assertiva.

Um trabalho de marketing digital eficiente tem resultados a médio prazo – mas vale a pena investir em resultados recorrentes, com leads qualificados e engajando sua audiência em vez de investir todos os recursos disponíveis em mídia para alavancar resultados que nem sempre são qualificados e, muitas vezes, são temporários.

 

 

Tags: marketing digital | Circle Aceleradora | profissionais de marketing | marketing 4.0 | estratégias de comunicação | inteligência de dados | agências de marketing digital