Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Instagram tenta combater os movimentos de ódio

Por: Redação.. 17 de Agosto de 2021

O Instagram anunciou novas ferramentas para ajudar usuários a lidarem com cyberbullying e ataques de movimentos de ódio, dois problemas recorrentes em toda rede social dos dias de hoje. 

São recursos simples, mas de eficácia alta: Contas agora podem limitar respostas e escolher palavras para esconder nos comentários das publicações, diminuindo drasticamente o alcance dessas práticas em posts muito populares.

Leia também: Eurocopa: Racismo on-line revolta Reino Unido.

Ambas as ferramentas já estão disponíveis e tem seu leque de utilidades. O Limits permite que o usuário esconda comentários e mensagens diretas de contas que não o siga ou tenha o seguido muito recentemente, além de emitir um alerta bem mais sólido e suspender posts quando alguém tenta promover um conteúdo ofensivo.

Já o Hidden Words atua como um filtro de palavras tradicional e vale também para as DMs, colocando toda mensagem com o termo selecionado em uma pasta própria – e você pode esconder a mesma.

No anúncio oficial, o CEO Adam Mosseri escreve que as duas novidades servem como respostas naturais a pesquisas internas da companhia, que mostram como grande parte das ações negativas contra figuras públicas vem de contas que não as seguem ou apenas a seguiram poucas horas antes do ocorrido. 

O executivo ainda cita a Eurocopa 2020 como exemplo recente dessa tendência, conforme os ataques de ódio e racistas a jogadores da seleção inglesa exibiram esse padrão de comportamento.

O Limits em particular atende todas essas demandas. “Criadores de conteúdo nos dizem que eles não querem desligar por completo os comentários e mensagens; eles ainda querem ouvir de sua comunidade e construir relações.” escreve Mosseri.

 

Tags: Instagram | rede-social | cyberbullying