Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Google promete mudanças nos leilões digitais

Por: Redação com informações do AdAge.. 9 de Junho de 2021

O Google promete fazer grandes mudanças em sua tecnologia de publicidade em decorrência de um acordo antitruste. 

Na segunda-feira, 7, a empresa de tecnologia anunciou que implementará novas regras para os leilões de publicidade on-line, algo que publishers e parceiros de tecnologia já queriam há muito tempo.

Confira as últimas novidades sobre digital e tecnologia aqui.

Leia também: Google enfrentará a justiça dos Estados Unidos.

Particularmente, os publishers e as ad techs parceiras vinham pedindo mais transparência a respeito do que acontece nos bastidores da plataforma de publicidade do Google, como mais visibilidade em relação aos preços e mais flexibilidade para poder trabalhar com parceiros de fora do Google.

Na França, a companhia concordou em pagar uma multa de US$ 268 milhões resultante de um acordo firmados pelos reguladores locais em um caso antitruste, que acusava o Google de práticas monopolistas. 

Além de aceitar arcar com o pagamento, a companhia de tecnologia comprometeu-se a fazer mudanças que envolveriam essas questões de longa data a respeito da condução de seus leilões de publicidade.

No resultado financeiro do primeiro semestre, o Google reportou uma receita de publicidade digital de US$ 44,7 bilhões. As ferramentas de publicidade on-line da companhia dominam a indústria de publicidade no ambiente da internet, e, na segunda-feira, 7, a empresa disse, por comunicado, que 700 plataformas de publicidade concorrentes e 80 plataformas de publicação dependem de sua infraestrutura de leilões de anúncios.

O Google também vem enfrentando um inquérito antitruste nos Estados Unidos. O Departamento de Justiça e dezenas de procuradores-gerais abriram processos contra a companhia para investigar como a empresa se aproveitaria de sua posição dominantes na publicidade digital para favorecer seus próprios produtos e serviços.

As mudanças que a gigante de tecnologia comprometeu-se a fazer agora são um primeiro passo para melhorar a relação com publishers e anunciantes que estão desconfiados de suas estratégias. 

As mudanças com as quais a companhia se comprometeu terão implicações além dos mercados da Europa e França. Um representante do Google disse que algumas dessas mudanças serão estendidas aos parceiros de tecnologia e de publicidade dos Estados Unidos.

Os publishers e anunciantes tinham a preocupação de que o Google atuasse para favorecer os compradores ou vendedores de anúncios, apresentando inventários distorcidos. 

Agora, a companhia diz que haverá mais transparência em torno dos leilões digitais, com a revelação da dinâmica de preços. O Google deverá apresentar os lances mínimos para a compra de publicidade, fornecendo aos anunciantes detalhes sobre leilões individuais, ajudando-os a planejar as estratégias para os lances.

Já para os publishers, o Google promete mais flexibilidade, dando mais ferramentas para a escolha dos parceiros de publicidade e não fazendo com que eles se sintam pressionados a usar os serviços do Google em todas as etapas. 

“Não iremos limitar os publishers nas negociações de termos ou preços específicos diretamente com outras plataformas vendedoras (SSPs). E continuaremos fornecendo aos publishers do Ad Manager controles para incluir ou excluir determinados compradores.”, disse o Google, em comunicado.

A companhia declarou, ainda, que as mudanças serão testadas e desenvolvidas nos próximos meses antes de elas serem implementadas de forma mais ampla.

 

Foto: Reprodução.

Tags: google | marketing-digital