Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Google incentiva cibersegurança no Dia Mundial da Senha

Por: Redação. . 6 de Maio de 2021

No Dia Mundial da Senha (World Password Day), o Google reforça a importância de aumentar sua segurança por meio de ferramentas e recursos que ajudam a tornar a gestão de senhas ainda mais simples e segura. 

As chaves de segurança implementadas diretamente em dispositivos Android e o aplicativo Google Smart Lock para celulares com iOS são exemplos recentes. Hoje, quase todos os telefones podem ser utilizados como dispositivos de verificação em duas etapas.

Confira as últimas novidades sobre digital e tecnologia aqui.

Leia também: Campanha diz aos suecos que suas senhas são uma ....

A preocupação com senhas fortes vem crescendo em todo o mundo. Buscas por "quão forte é a minha senha" cresceram 300% ao longo de 2020. No Brasil, também é latente a preocupação com passwords mais robustos e complexos. 

Segundo pesquisa realizada pela Syhunt, empresa de consultoria em cibersegurança mobile e web, o país é o quarto entre as nações com mais senhas de e-mails de órgãos públicos vazados, desde janeiro de 2021 - mês em que foi iniciada uma temporada de vazamentos que chegaram a divulgar mais de 3,2 bilhões de senhas de e-mails de pessoas em todo o planeta.

Para evitar o acesso indevido de terceiros, o Google oferece aos usuários o sistema de verificação em duas etapas (2SV). Por meio dele, o usuário adiciona uma camada adicional de segurança ao login, exigindo uma segunda autenticação por meio de outros dispositivos ou aplicações. 

Essa possibilidade oferece uma alternativa mais segura ao uso das tradicionais senhas. Em breve, todos os usuários serão automaticamente inscritos na 2SV, caso as respectivas contas estejam apropriadamente configuradas (você pode checar o status da sua conta fazendo a Verificação de Segurança).

Senha é mesmo coisa para se guardar?

O Google tem empenhado esforços e investimentos para a resolução de outro problema diretamente relacionado à segurança das senhas, a memória. 

Com o objetivo de ajudar as pessoas a adotarem senhas fortes e diferentes para cada login, sem que para isso todos tenham que guardar combinações complexas na cabeça, o Google desenvolveu o Gerenciador de Senhas. 

Integrado diretamente ao Chrome, ao Android e à sua Conta do Google, o software usa a mais recente tecnologia de segurança, baseada em IA, para proteger e memorizar senhas. 

A ferramenta ajuda não só a criar palavras-chave complexas e seguras, como também simplifica seu uso ao guardá-las em um cofre protegido para acesso exclusivo do usuário.

Os passwords sequer precisam ser decorados, uma vez que o Gerenciador também completa automaticamente as caixas de login dos diferentes sites. A solução ainda realiza uma análise minuciosa para identificar se uma senha utilizada foi comprometida e verifica se a mesma combinação já foi utilizada para outra conta.

Uma novidade é o Password Import (acessível nas Configurações do Gerenciador de Senhas), que permite às pessoas importarem facilmente até 1.000 senhas por vez de vários sites de terceiros para o Gerenciador.

O Google entende que os seus produtos devem guardar informações pessoais apenas enquanto forem úteis aos usuários, seja para encontrar seus destinos favoritos no Google Maps ou receber recomendações sobre o que assistir no YouTube. 

Por isso, a empresa adotou como padrão a exclusão automática de informações da Conta do Google, sejam referentes à localização, pesquisa, voz e atividades do YouTube após 3 ou 18 meses.

A exclusão automática de Atividades da Web e de Apps também foi padronizada para 18 meses para novas contas. Isso significa que, após 1 ano e meio, os dados de atividades serão apagados de forma automática e contínua, e não mantidos até a exclusão. 

Essas configurações podem ser alteradas pelo usuário por meio da Conta do Google.

Seis dicas para manter as contas mais seguras

Pensando ajudar os usuários a aumentarem a segurança na web, o Google deu seis dicas para manter suas contas mais protegidas. Confira! 

  1. Procure utilizar todas as possibilidades de caracteres na criação das senhas, como símbolos, letras maiúsculas e minúsculas e números;
  2. Evite quaisquer sequências lógicas ou que remetam a informações da sua vida. Não coloque nomes de animais, marcas de veículos ou hobbies pessoais (saiba mais neste vídeo ). Opte sempre por novidades sem padrão. Se possível, grave as criações no Gerenciador de Senhas do seu Google Chrome ou Android!;
  3. Crie senhas diferentes para acessos diferentes. Não repita seus códigos em sites, contas bancárias, senhas de cartão ou e-mail. Surpreenda!;
  4. Use ferramentas de verificação em duas etapas. Em qualquer conta, procure por outros métodos de autenticação que acompanhem a sua senha;
  5. Não envie suas senhas por e-mail ou aplicativos de mensagem. Se possível, evite inclusive dizê-las ao telefone. Suas palavras-chave são importantes e não devem ser transferidas em nenhuma hipótese;
  6. Evite acessar seus dados ou contas em computadores, celulares e outros gadgets que não são seus, mesmo se houver verificação em duas etapas. Se o fizer, não salve seus acessos!

Tags: ciberseguranca | dia-mundial-da-senha | google