Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Dove e Unicef criam ferramenta de conversa que melhora autoestima

Por: Redação.. 18 de Outubro de 2021

Dove, reconhecida por seu compromisso de longa data com a criação de um mundo em que a beleza é uma fonte de confiança, e não de ansiedade, amplia o Projeto Dove Pela Autoestima, a fim de contribuir para aumentar a autoestima e a confiança corporal de adolescentes e jovens. 

Em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância - Unicef, organização que trabalha pela garantia dos direitos de crianças e adolescentes em mais de 190 países,?Dove apresenta uma iniciativa inédita no contato da marca com o público jovem. 

Leia também: Dove Men+Care propõe discussões sobre masculinidade autocuidado.

No dia 14 de outubro, foi lançado o Topity, espaço on-line que combina game e conversa, em uma experiência segura, interativa e totalmente gratuita para adolescentes e jovens de todo o Brasil. 

Desenvolvida pela startup tecnológica de impacto social Talk2U, a novidade pode ser acessada por meio do Messenger do Facebook e pelo WhatsApp

O Topity tem como objetivo contribuir com a melhoria da autoestima de adolescentes e jovens, colocando-os como protagonistas da experiência, em um ambiente seguro, privado e livre de julgamentos, com uma conversa conduzida por inteligência artificial e 100% confidencial. 

Todo o conteúdo foi desenvolvido em parceria com psicólogos e especialistas, com grande participação dos próprios adolescentes e jovens, fazendo com que as orientações contribuam, de fato, para a melhoria da autoestima e da confiança corporal. A meta é alcançar 2 milhões de adolescentes e jovens. 

Ao iniciar a conversa, cada adolescente ou jovem escolhe por quem quer ser guiado: por Dandara ou Gabriel, personagens interpretados por atores que funcionam como anfitriões durante toda a jornada. 

Em seguida, define quais dos temas quer abordar: Família e Amigos, Redes Sociais e Mídia ou Valorize seu Corpo. A partir daí, tem início uma experiência composta por oito diferentes desafios que se assemelham a fases de videogame mesclando conversas, tarefas, dicas e orientações. 

"É muito importante que adolescentes encontrem espaços seguros na internet, principalmente quando precisam falar de temas sobre a sua vivência, como a autoestima. O Topity está sendo lançado neste contexto de pandemia, em que muitos ficaram em casa por longos períodos, sem contato com amigos, com a escola, e com a rotina e hábitos alterados. Tudo isso influencia diretamente na autoestima e na percepção sobre o autocuidado. Por meio da conversa com o chatbot, meninas e meninos podem refletir sobre esses assuntos e entender a sua importância, com uma linguagem acessível, expressando suas opiniões de forma interativa." diz Gabriela Mora, oficial do Programa de Cidadania dos Adolescentes do Unicef no Brasil. 

"Desde 2004, quando criamos o Projeto Dove Pela Autoestima, temos concentrado nossos esforços em ajudar a próxima geração a desenvolver uma relação positiva com sua aparência, melhorar sua confiança corporal, e, assim, atingir seu potencial máximo. Sabemos que a faixa etária entre os 13 e 18 anos é um período crucial para formação da autoestima e para sua manutenção ao longo da vida, por isso acreditamos que, quanto antes conseguirmos quebrar padrões de beleza e ajudar as meninas e mulheres na relação com suas aparências, melhor.", comenta Fernanda Gama, gerente da marca Dove no Brasil. 

Para entender o impacto do Topity na autoestima, foi realizado um estudo-piloto com 1,7 mil adolescentes e jovens de 13 a 18 anos. Os resultados mostram que quem participou do Topity apresentou maiores índices de autoestima e aceitação do próprio corpo, em comparação com quem não participou. 

Em uma escala de 1 a 7, quem passou pelo Topity deu nota 6 para a melhoria imediata de sua confiança corporal. O estudo foi conduzido pelo Centro de Pesquisa em Aparência (CAR, em inglês), ligado à Universidade do Oeste da Inglaterra (University of the West of England).

De acordo com pesquisa divulgada pelo Projeto Dove pela Autoestima, neste ano, cerca de 84% das jovens brasileiras com 13 anos já aplicaram um filtro ou usaram um aplicativo para mudar sua imagem em suas fotos. 

A constatação comprova a pressão a que meninas se sentem submetidas para se encaixar em padrões de beleza. Apesar disso, o estudo destaca que 75% delas gostariam que o mundo se concentrasse mais em quem elas são, em vez de em sua aparência. 

Os dados reforçam a importância do investimento em iniciativas e ferramentas que ajudem adolescentes e jovens a construir uma relação mais positiva com seu corpo, ampliando a autoestima.

Tags: digital | unicef | Dove | topity