Canal
Digital

Colaboração entre Instagram e Museu do Amanhã inicia contagem regressiva para os jogos

Por: Redação 10 de Julho de 2016

A um mês do início dos jogos, Instagram (@instagrambrasil) e Museu do Amanhã (@museudoamanha), no Rio de Janeiro, se uniram para realizar o #EmptyMuseuDoAmanhã, um evento que contou com a presença de Instagrammers e da atleta Lara Teixeira (@teixeiralara), na noite da última quarta-feira, dia 6.

"Desde antes da inauguração do Museu usamos as redes sociais para criar laços com nosso público. Realizar o Empty Museu do Amanhã foi uma oportunidade única de fortalecer essa relação, apresentando o Museu sob outra perspectiva para o público. Ao final da visita, alguns Instagrammers afirmaram que a experiência de conhecer o Museu assim foi capaz de mudar sua visão de mundo", disse Alexandre Fernandes, Diretor de Desenvolvimento de Públicos do Museu do Amanhã.

Globalmente, há 165 milhões de fãs de esportes no Instagram, que usam a plataforma para dividir sua paixão, torcer juntos e compartilhar momentos que importam para eles. “O Museu do Amanhã já é um ícone cultural e visual brasileiro. Essa colaboração fez todo o sentido para nós, pois reunimos um time de apaixonados por vídeo e por fotografia, e discutimos o impacto da plataforma no dia a dia das pessoas aqui e no mundo durante os jogos”, destaca Christian Rôças, líder de parcerias estratégicas em entretenimento do Facebook e do Instagram Brasil.

“Em Londres, o Instagram tinha 80 milhões de contas, hoje, são mais de 500 milhões no mundo, sendo 35 milhões apenas no Brasil. Estamos muito animados para ver o impacto deste crescimento na interação dentro da plataforma”, acrescenta. O Instagram reúne conteúdo autêntico e bastidores de atletas e equipes, do avião ao vestiário, e momentos de descontração. Nesse cenário, vídeos marcarão presença no feed de todos. Apenas nos últimos seis meses, globalmente, o tempo total que as pessoas passam assistindo a vídeos no Instagram aumentou 150%, e aplicativos como Boomerang e Hyperlapse facilitam e tornam os vídeos muito mais divertidos.

De maneira criativa, fotos e vídeos contarão histórias apaixonantes de atletas e de torcedores para que todos vivenciem esse momento de forma muito mais rica, unindo o mundo todo para vibrar, torcer e dividir as experiências dos jogos de diferentes ângulos. Na Copa do Mundo, em 2014, quando o Neymar sofreu uma lesão o Instagram contabilizou um post por segundo com as hashtags #ForcaNeymar e #ForçaNeymar na hora seguinte à lesão.

O #EmptyMuseuDoAmanhã foi a primeira de uma série de ações do Instagram que acontecerá por conta dos jogos em diferentes partes do Brasil. O Tate Modern, em Londres, o Louvre, em Paris, e o Boca Juniors, na Argentina, são exemplos de lugares que já tiveram #Empties, que acontecem quando um espaço é aberto com exclusividade para Instagrammers explorarem o ambiente vazio em uma experiência única.

Para Natália Alves e Suzanne Malta, donas da conta @oquefazernorio e duas dos Instagrammers que participaram, “poder analisar o Museu do Amanhã de portas fechadas, com o silêncio que pairava no seu entorno, foi uma experiência muito rica. Nossos olhares se tornaram muito mais sensíveis às questões retratadas nesse ambiente.”

Veja abaixo alguns dos posts que resultaram da colaboração. Para ver todo o conteúdo do #EmptyMuseuDoAmanhã, acesse aqui: https://www.instagram.com/explore/tags/EmptyMuseuDoAmanh%C3%A3/ e aqui: https://www.instagram.com/explore/tags/emptymuseudoamanha/ 

Tags: Evento Convenção | Sudeste (Brasil)