Canal
Conteúdo

O jogo infinito dos negócios digitais

Por: Tulio Kehdi 24 de Outubro de 2020

Praticamente todos os dias o curto prazo faz uma queda de braços com o longo prazo em empresas de todo o mundo. E quase todo dia o curto prazo ganha. Quase todo dia, as empresas perdem. 

É claro que o discurso das empresas é outro, mas a verdade infelizmente é essa, o que engloba os movimentos digitais dessas companhias. E a conclusão que chego é que essas empresas estão correndo em uma esteira: Tudo que vão conseguir com esse tipo de comportamento é permanecer no lugar onde estão, de modo que o tempo as tornará obsoletas.

“Em jogos infinitos, como nos negócios, na política na vida em si os jogadores vão e vem, as regras são mutáveis e não existe um final definido. Não existem ganhadores e perdedores em um jogo infinito; existe apenas à frente ou atrás.”, afirma Simon Sinek. A afirmação do autor norte-americano em seu livro “Jogos Infinitos” não poderia ser mais certeira.

Na necessidade de estar e seguir adiante, as empresas se deparam com dois desafios simultâneos: Cuidar do hoje e do amanhã. Se o jogo é infinito - e, portanto, as regras podem mudar e os jogadores entram e saem - é melhor entender que a ideia é continuar jogando por muito tempo. E se é essa a ideia, o longo prazo deveria ter um peso muito maior nas decisões.

Ao longo desses quase 10 anos de marketing digital e mais de 1 bilhão de reais de mídia investida por meio da agência que lidero, alguns pontos me parecem os mais críticos para essa jornada. 

Parafraseando a frase do escritor austríaco Peter Drucker, que diz que a "Cultura come a estratégia no café da manhã", vejo um paralelo forte com relação a produto versus marketing.

Depois de anos observando inúmeros negócios digitais dando certo e errado, fica claro pra mim que possuir um excelente time de marketing com orçamentos astronômicos não é garantia de absolutamente nada e não será suficiente para deixar um negócio digital em pé.

Antes de pensar em qual estratégia de marketing resolverá todos os problemas da sua empresa, invista no seu produto/serviço. 

Se o seu produto/serviço é algo tão incrível e tão indissociável da realidade de seus clientes que eles não podem viver sem ele, a luta para conquistar o seu espaço será duríssima para seus concorrentes. E, apenas investimento de marketing, provavelmente, não será suficiente para que ele possa superá-lo.

Existem dezenas de opções de como utilizar melhor seu orçamento de marketing e de tecnologia para melhorar seu negócio. 

Existem diversas ferramentas e soluções incríveis que podem elevar o grau de assertividade das ações a níveis absolutamente impressionantes. 

O papel do marketing é evidenciar e ampliar o seu alcance, mas jamais vai te dar a sustentação permanente. E para construí-lo, a tecnologia será sempre o seu maior aliado. Mas, se você joga o jogo infinito, sabe que o produto/serviço é a essência para jogar esse jogo. 

Tags: artigo | digital | news-conteudo | Tulio Kehdi