Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Japan House leva tradicional Daruma japonês às ruas de SP

Por: Antonio Cervi. 27 de Janeiro de 2022

Com a intenção de divulgar um costume do Japão para fora da sede localizada na Avenida Paulista, 52, a Japan House São Paulo realiza a Campanha Daruma (#DARUMAJHSP) pelas ruas de São Paulo e nos ambientes digitais, desde 17 de janeiro seguindo até 27 de fevereiro. 

Bastante venerado e popular no Japão, o Daruma é conhecido como um Amuleto da Sorte para realizar desejos, sendo necessário pintar o olho esquerdo ao fazer o pedido e o direito quando o pedido é realizado, em um processo intitulado “O abrir dos Olhos”, que mostra que o desejo de fato aconteceu.

Leia também: Biergarten chega ao Terraço Lagoon com cervejas, diversão, show e gastronomia

Localizado em um roteiro com seis diferentes endereços na cidade até 27 de fevereiro, permanecendo uma semana em cada localidade, o Daruma - de dois metros de altura – ocupa as ruas da cidade em uma proposta híbrida de interação que combina o presencial com o digital.

Para participar, o público vai precisar tirar uma foto do amuleto gigante com um filtro do Instagram que vai permitir pintar o olho direito do Daruma para realizar o pedido, além da possibilidade de personalizar o design do talismã com outras cores e desenhos.

Um QR Code oferecido no local vai conter orientações gerais e o link de acesso ao filtro, que inclui possibilidades extras como a utilização de gifs, desejos de prosperidade para o planeta, entre outras. 

 

Por outro lado, no ambiente on-line, a #DARUMAJHSP permanece até o fim de março com conteúdo exclusivo sobre a história e curiosidades deste ícone da cultura nipônica nas redes sociais da instituição. 

A ação tem o apoio da Prefeitura de São Paulo, São Paulo Turismo (SPTuris) e Pilot Pen. 

De cor preta e branca, o grande Daruma vem com a proposta de espalhar um espírito positivo e de boa sorte pela capital paulista, em uma experiência que mistura a vivência presencial e digital.

“A simbologia do Daruma é muito forte. Como talismã da sorte, pode alimentar a esperança em dias melhores, por meio de uma das mais bonitas tradições da cultura japonesa. Será um prazer trazer esta tradição a tantos pontos icônicos da cidade.”, declara Eric Klug, Presidente da Japan House São Paulo.  

O roteiro já começou na Praça da Liberdade e, a partir deste endereço, o Daruma será levado para outras cinco localidades da cidade: Praça da República; Praça Silva Romero; Largo da Matriz da Freguesia do Ó; Largo da Batata, finalizando o tour em frente a Japan House São Paulo.

Nesta semana do aniversário de São Paulo, comemorado ontem, 25 de janeiro, o Daruma vai ocupar um lugar especial em comemoração aos 468 anos da cidade. 

O Daruma
Muito popular no Japão, sua história teve início no século 6, quando o Budismo Zen chega ao Japão, acompanhado de retratos e placas de madeira de seu fundador, o monge Bodhidharma.

No século 18, simbolizando o monge Bodhidharma, foi criado o boneco Okiagari Koboshi, considerado o precursor do Daruma. 

De acordo com uma crença popular, a roupa vermelha do Bodhidharma é um amuleto para evitar a varíola e, nesta época, as vendas do boneco explodiram.

No começo do século 19, surge o Me-ire Daruma, com olhos vazados para serem pintados e, a partir de então, se fixa como amuleto da sorte na cultura do Japão.

No decorrer dos tempos, apareceram muitas variantes deste ícone em outras opções de formatos, personagens e cores, que podem mudar conforme o tipo do desejo como verde (saúde); preto (proteção); vermelho (segurança); amarelo (sorte) e azul (prosperidade).

Com duração de um ano, mesmo que o pedido não seja realizado, o Daruma precisa ser incinerado ao fim de cada ciclo em uma cerimônia conhecida como Otakiage, que ocorre anualmente em templos budistas ou xintoístas.

Hoje em dia, o Daruma tem várias festas no Japão - sendo até mesmo comercializado nessas ocasiões - como o Grande Festival Nanakusa (Feira de Daruma em Takasaki) do templo Syorinzan, em Gumma; Festival Yakuyoke Ganzai Daishi (Feira de Daruma em Shindaiji), em Tóquio; Festival Bishamonten, em Shizuoka, entre outros, atraindo milhares de pessoas a cada ano.

Produto de sua popularidade, o Daruma trouxe inspiração para várias brincadeiras infantis, além de ser representado de modo particular em muitas regiões.  

Serviço:
Japan House São Paulo
Campanha #DARUMAJHSP
Nas ruas: de 17 de janeiro a 27 de fevereiro de 2022
Nas redes sociais da instituição: de 17 de janeiro a 31 de março de 2022
Mais informações e roteiro: https://daruma.japanhousesp.com.br/ 

Tags: tecnologia japan-house arte cultura daruma