Canal
Brand Experience

Celebridades da internet têm dia de popstar

Por: 6 de Novembro de 2015

Celebridades da internet tiveram seu dia de popstar do mundo real. E com direito a tapete vermelho, fãs se descabelando histericamente na frente do palco, algum choro, assédio, filas concorridas, autógrafos, mútuas declarações de amor e um pedido obrigatório e recorrente: "Faz uma selfie comigo?". 

No dia 5 de novembro, no Audio Club, em São Paulo, aconteceu a primeira edição do YouTube FanFest Brasil, com assinatura da Bullet. O evento – que já teve edições em países como Índia, Canadá, Tailândia, Coreia do Sul, Austrália e Indonésia – é promovido pelo Google, dono do YouTube. Por aqui, reuniu “algumas das mais importantes estrelas do YouTube” do País, nas palavras da organização.

Não estará errado quem descrevê-los como ícones da "geração Enem". Era gente como Kéfera Buchmann, Felipe Neto (que fez na abertura um discurso do tipo "A TV não me representa"); Iberê Thenório, do Manual do Mundo; e o funkeiro Biel, praticante do que ele chama de “funk sedução” e frequentemente descrito como “o Justin Bieber brasileiro”. 

São youtubers profissionais: faturam com os vídeos que produzem (não raramente, sozinhos, dentro de seus quartos). Os números estão na casa dos sete dígitos: literalmente, milhões de seguidores para cada. E, como este universo é mesmo vasto, há canais de humor, de dicas de beleza, de gastronomia, de música e de tudo isso ao mesmo tempo.

Os fãs gostam de justificar a paixão dizendo que os astros merecem tal apreço porque sabem "ser eles mesmos". Alguns dos youtubers, inclusive, preferiam ser eles mesmos no camarote, onde eram servidos cervejas, espumantes e canapés. "Dos fãs, a galera mais engajada é na faixa dos 14 até os 20 anos.", afirmou ao Quem curte? o diretor de marketing do Google para a América Latina, Esteban Walther, satisfeito com o que via.

Luan Santana é outro engajado. O cantor brincou que adora “se intrometer nos eventos” alheios e reconheceu: “Sou como vocês, fã de vários youtubers, queria encontrar a galera, conhecer todo mundo.” O cartunista Mauricio de Sousa, criador da Turma da Mônica, também fez uma presença.

'Construí minha casa'

Ao longo das cerca de três horas e meia de duração do YouTube FanFest, o palco ofereceu um cardápio variado de atrações, de batalha de maquiagem e de culinária (ovo frito x doce de abóbora), além de uma autorreferente disputa de conhecimentos gerais (sobre YouTube, obviamente).

Quem acertava a resposta neste último desafio ganhava como prêmio a chance de lambuzar com chantili a cara do oponente. O clima geral era de show de variedades. A ideia geral parecia tentar fazer o povo rir. 

Assim foi na "batalha de rap", da qual participou Mussoumano (na foto abaixo), do canal Mamilos Molengas (1,9 milhões de inscritos e 213 milhões de visualizações). Ao Quem curte?, Mussoumano falou sobre a transformação da brincadeira em profissão. "Acabo fazendo uma coisa que não tem muito em alta no YouTube hoje: um youtuber rapper. Peguei um seguimento que estava meio abandonado e esquecido”, explicou ele, que antes trabalhava com produção de vídeo para a TV. 

 

 

 

Tags: