AGÊNCIAS

AGÊNCIAS

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por

Bullet apresenta sua maior transformação

Por: Redação.. 19 de Fevereiro de 2021

A agência Bullet anuncia a maior reformulação em seus mais de 30 anos de história. O movimento envolve o time de lideranças, mentalidade operacional, inovação estratégica, flexibilidade do modelo de negócios e a expansão no portfólio de entregas, produtos e serviços.

Exclusivo: Anuário de Live Marketing 2021 prepara a 10ª edição e confirma lançamento para abril

A transformação foi motivada pela experiência do CEO da agência, Fernando Figueiredo, o Feof, nos 3 últimos anos em que esteve baseado nos Estados Unidos e foi acelerada pela pandemia.

“5 anos em 1 é o que experimentamos no ano passado. Aquilo que a gente sempre pensou em fazer ganhou um empurrão.” reforça Feof.

O plano, já em curso desde o ano passado, foi migrar para uma estrutura mais leve, inteligente e versátil, cujas relações sejam baseadas na ideia, na cultura da confiança e na fluidez das execuções, segundo Feof.

“As movimentações, que seriam gradativas, foram aceleradas pela pandemia. O primeiro ponto nesta nova forma de atuar diz respeito aos colaboradores da empresa. A ideia é que todos tenham participação em alguma parte do negócio, potencializando o conceito de intraempreendedor. Para isso, a agência passou a dividir a participação com 100% da equipe.”, explica Fernando. Um modelo desenvolvimento junto com sua sócia Adriana Ribeiro.

Para a agência, o novo mindset de cocriação e coparticipação também permite atrair talentos específicos e recursos externos para contribuir em projeto diversos, com receita participativa.

Para isso, foi criado a Hub de Talentos, com o objetivo de buscar, cadastrar, atrair talentos e empresas que queiram fazer parte deste ecossistema.

Entre outras mudanças que envolvem o modelo de trabalho, o timesheet deixou de existir. A produtividade nas entregas será baseada em cada projeto.

Sob o ponto de vista físico, todo o time passa a atuar dentro de um formato híbrido, onde os colaboradores poderão trabalhar a maior do tempo em home office.  

Foi criada a Villa Bullet. Uma base para uma comunidade que extrapola a Bullet. “A sede da Bullet será uma área de convivência, e não mais uma área de trabalho, e será compartilhada com diversos stakeholders do nosso negócio.”, explica o CEO.  

Empresas de cenografia, técnica, produção, tecnologia, mídia e influencers compartilharão os mais de 1.000m² da sede da Bullet.

Para ajudar nessa virada de chave, a Bullet recontratou Cesar Leite, que já esteve na criação da agência durante 20 anos, e, após quase dois anos na Momentum, retorna na posição de COO.

O profissional vai cuidar da operação, ao lado de Adriana Ribeiro (CFO), Rubens Casanova (CCO), Roberta Castellini (CBO) e Neila Ceródio (CRO), todos associados.

Segundo Feof, há anos a Bullet não é uma agência BTL e hoje tem capacidade para entregar tudo que seja capaz de movimentar o ponteiro da indústria, dentro de um portfólio que envolve a criação de produtos, promoções, tecnologia, filme, conteúdo, social media, earned media, evento, convenção e aplicativos, por exemplo.

No último trimestre de 2020 a Bullet criou e executou para a Unilever uma das maiores promoções de todos os tempos, a “Conta com a Unilever” e foi responsável por toda comunicação da campanha, 100% digital, e uma plataforma integrada de influenciadores.

Aliás, usar influenciadores para engajamento tem se mostrado muito eficiente e presente nas estratégias da Bullet como foi o “Livro de Receitas União”, Topo Chico, entre outros.

Bullet on Demand e Bullet Marketplace

Com tantas entregas, a agência se organiza em duas áreas, com o intuito de tornar a operação mais fluída e menos complexa: Bullet Serviço (On Demand), e lança agora a Bullet Produto (Marketplace).

A Bullet On Demand é dedicada a atender clientes por demandas e projetos específicos. Para isso, ela conta em seu portfólio com as áreas ‘Live’ (Eventos, live, streaming), ‘Click’ (APIs promocionais para e-commerce, apps, integração com apps e incentivos on-line) e Classic (Promoções, incentivo, retail e ativações físicas).

Para ligar todas as pontas, a Bullet aposta no pensamento data driven e BI ganha um papel ainda mais relevante na agência.

Já a Bullet Marketplace foi criada para desenvolver produtos, projetos, plataformas e ecossistemas proprietários que ajudam marcas a se conectarem e venderem mais. Comandada por Feof, a área já anuncia o lançamento de 6 produtos:  5 quadras (App que conecta consumidores e varejo local); YoYo (Produto financeiro com promoção embarcada); Pode (Plataforma SaaS para democratizar promoção para o mercado anunciante); Bullet Live Shopping (Plataforma de ShopStreaming), ZAP de Prêmios (plataforma de Whatsapp Business para engajamento) e Plataforma Live, para integrar anunciantes a eventos híbridos e virtuais.

Fernando Figueiredo de volta ao Brasil

Em 2017, Fernando Figueiredo fixou residência em Miami não apenas para liderar a primeira operação internacional da agência, onde criou a The Story Shop, como também para experimentar novos modelos de negócio, que pudessem ressignificar a atuação da empresa no mercado brasileiro.

Para ele, naquele momento, as agências estavam correndo atrás do rabo, inflando suas estruturas para justificar fees cada vez mais apertados, pois ao invés de se valorizar pela ideia, se custeavam pela estrutura.

“Eu não voltei à toa. Eu vi coisas que deram certo lá fora e sei que vão dar certo aqui. Quero quebrar paradigmas e mostrar que menos é mais. Quero deixar este jogo divertido de novo.”, destaca Feof, que voltou ao Brasil em 2020.

“A Bullet é uma marca incrível. É a agência preferida de live marketing, segundo o estudo Agency Scope, e quer ser reconhecida cada vez mais como o parceiro focado em estratégias que vendem. Engajamento é a palavra que nos guia e vender para os nossos clientes é o nosso propósito.”, e conclui com a assinatura da Bullet: “It's all about selling”.

Tags: live-marketing | Bullet | brand-experience | melhores-da-semana