Canal
MICE

Alemanha separa feiras comerciais de eventos de grandes públicos

Por: Redação. 11 de Maio de 2020

O governo nacional da Alemanha e os 16 Länder (Estados) concordaram que as feiras comerciais agora estão na lista de atividades a serem realizadas quando possível – deixando o antigo posto em que era colocada junto a eventos esportivos, festivais folclóricos, show musicais e etc. Estes últimos listados seguem proibidos até final de agosto.

As feiras de negócios podem ser, a princípio, executadas novamente. A decisão caberá a cada Estado e dependerá de regulamentos claros para saúde e segurança de todos os envolvidos. 

As principais novidades do mercado M.I.C.E estão aqui.  

Leia também: Alemanha flexibiliza saída do confinamento, mas sem eventos.      

A Auma – Associação da Indústria Alemã de Feiras de Comércio – já apresentou aos formuladores de políticas do país propostas para esses regulamentos.

O governo alemão anunciou também que “um freio de emergência” será acionado caso a taxa de contágio semanal de uma região ultrapasse 50 infectados para cada 100 mil habitantes.

Após a primeira grande exposição da China, na província de Hunan, a Alemanha se torna o segundo dos três maiores mercados do mundo para a indústria de exposições a dar um grande passo em frente na reabertura de negócios de feiras comerciais.

Após o anúncio do governo Alemão, a região da Renânia do Norte-Vestfália informou que já começou a trabalhar para que as feiras sejam realizadas a partir de 30 de maio de 2020 – seguindo protocolos estritos de saúde, prevenção e segurança.

Tags: Brand Experience | eventos | Coronavírus | Covid-19 | live marketing | Alemanha | feira de negócios