Canal
MICE

Acelera Foz: Retomada da economia passará pelo incremento ao turismo

Por: Redação. 14 de Maio de 2020

Depois  da primeira fase de obras estruturantes, iniciada pela margem brasileira da Itaipu Binacional em 2019, em parceria com os governos federal, estadual e municipal, vem aí a próxima onda de crescimento ordenado da economia da cidade e região. 

Com atuação em sete eixos e a união de oito instituições parceiras, o Programa Acelera Foz deve colocar a cidade num novo ciclo de riqueza e prosperidade.

As principais novidades do mercado M.I.C.E estão aqui.        

O programa foi lançado na quarta-feira (13), por videoconferência, com transmissão pelo canal da Itaipu no YouTube e  também pelo perfil do Parque Tecnológico  Itaipu  no Facebook, com retransmissão por alguns veículos de comunicação da cidade e nos perfis do Facebook das instituições que integram a coordenação estratégica.

Para detalhar melhor o programa, será iniciada na sequência uma série de lives, nas quais o público poderá interagir e tirar todas  as dúvidas. Os dias e horários serão informados assim que a programação for definida.

O Programa Acelera Foz é parte de um plano de retomada econômica e tem a coordenação estratégica do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social  de  Foz  do Iguaçu (Codefoz), Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento, Associação  Comercial  e  Empresarial  de  Foz do Iguaçu (Acifi) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur).

Os recurs previstos inicialmente no Acelera Foz por parte da Itaipu e do PTI é de pouco mais de R$ 22 milhões. Juntado a primeira onda de investimentos  iniciados pela Itaipu, são mais de R$ 900 milhões. 

O retorno esperado com a participação de outros investidores é a movimentação de mais de R$ 435 milhões na cidade, em médio prazo.

Os recursos foram alocados em diversas frentes, como na construção da nova ponte entre Brasil e Paraguai, na ampliação da pista de pouso e decolagem do Aeroporto Internacional (entre outras obras no terminal), no Mercado  Municipal,  na futura revitalização do Gramadão, em ciclovias e em estudos para a duplicação da BR-469 (a  Rodovia das Cataratas), entre outras. 

O programa

Entre as iniciativas do Acelera Foz estão  desde a divulgação e fortalecimento da imagem de Foz do Iguaçu até a implementação da inovação e capacitação do setor turístico, passando pela atração de novas empresas e investimentos em tendências na área de  tecnologia,  como Inteligência Artificial e Cidades Inteligentes.

A estratégia é potencializar e gerar competitividade para o setor turístico  e empresarial da cidade, mas também diversificar a economia, com a vinda de novas empresas de base tecnológica. 

A expectativa é que este esforço tenha como resultado a geração de mais de 300 postos de trabalho diretos, capacitação de 500  pessoas, criação de cerca de 300 bolsas de pesquisa, apoio a mais de 250 empresas, atração de 70 novas startups e 10 mil postos de trabalho impactados.

     

Tags: Foz do Iguaçu | turismo | turismo de negócios | eventos corporativos | mice | isolamento social | Covid-19 | Coronavírus