MICE BUSINESS

MICE BUSINESS

Reconectando o cliente corporativo

Reconectando o cliente corporativo

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por
); ?>


21 de Abril de 2022

A Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas vai aproveitar sua participação na Abav Travel, na próxima semana, para realizar a 9ª edição do Fórum Abracorp no dia 29, sexta-feira, 10 da manhã, em Águas de Lindóia

Explorando o tema "Reconectando o cliente corporativo", a entidade pretende entender quais os rumos que o setor tomará após a pandemia, qual cenário econômico e quais estratégias são recomendadas para esses novos tempos.

Leia também: BusUp apresenta solução de mobilidade para setor de eventos

O Fórum Abracorp contará com a participação de Carolina Passarelli, gestora de Viagens da empresa Raízen, Marina Shimada, gestora de Viagens da empresa Honda, Silene Coelho, diretora de Vendas Regional da Rede Accor, Anderson Wolff, gerente de Vendas da Gol, e Augusto Bezerra, Diretor Regional de Vendas da Localiza. “É um momento importante que estamos vivendo no setor. Precisamos entende-lo pra tomar decisões imediatas e importantes para os negócios”, avalia Gervásio Tanabe, presidente executivo da Abracorp.

O evento conta com o apoio da Clara, empresa que oferece solução completa de gerenciamento de gastos corporativos aliado a cartão de crédito internacional, e com a parceria da TMG - Travel Manager Group.  Fundada em 2020 por Diego García e Gerry Giacomán Colyer, a Clara é apoiada pelos principais investidores regionais e globais, como Coatue, DST Global, monashees, Kaszek, A*, Iconiq Growth, Box Group, Global Founders Capital, Canary Ventures, Picus Capital, Avid Ventures, SV Angel e notáveis investidores anjo.

Segundo os últimos estudos do BI Abracorp, o setor de viagens corporativas, em março/22 teve uma performance igual a março/19, antes da pandemia. Com um faturamento de R$ 869 milhões, ficou apenas 2,4% abaixo do período pré-pandemia. Mas os preços, como previsto pela Abracorp, ainda no início da pandemia, apontam que o cenário é diferente. Os custos impactam diretamente todos os segmentos, incluindo as TMCs. O resultado acumulado do trimestre aponta ainda uma defasagem, comparada com 2019, de -27%.

O setor de agências de viagens chegou a perder em torno de 50% dos empregos entre 2019 e 2021, em razão da retração das viagens corporativas. Em 2022, porém, na avaliação da Abracorp, já se espera uma recuperação dos empregos, que vêm sendo retomados desde o início deste ano. O desafio é conseguir trazer esses trabalhadores de volta e conseguir o equilíbrio sustentável diante da alta de preços. E isso tem impacto no custo dos serviços prestados pelas TMCs. 

Tags: entidades mice viagens-corporativas negocios feiras-de-negocios mice-no-promoview agentes-de-viagens