MICE BUSINESS

MICE BUSINESS

Política e reflexão social marcam segundo dia da WTM

Política e reflexão social marcam segundo dia da WTM

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por
); ?>


7 de Abril de 2022

A animação, os abraços e as ativações de marcas em espaços instagramáveis foi a tônica do segundo dia do principal evento b2b do turismo latino americano.

Os teatros temáticos continuaram lotados ao longo de todo o dia, demonstrando o interesse do público por temas como a tecnologia, turismo responsável e diversidade e inclusão. 

A presença política foi também a tônica do segundo dia da WTM, com uma capacitação do Ministério do Turismo sobre “o bem-atender do turismo acessível”, que trouxe dados para a implementação de políticas de acessibilidade e ações a serem colocadas em prática por todo o trade. Carlos Brito, que assumiu o Ministério do Turismo há seis dias visitou a WTM Latin America e prometeu continuidade nas ações já iniciadas e fez questão de conversar com expositores e empresários.

Leia também: Quem são os influencers dos eventos no Linkedin?

Verônica Kunze, subsecretária do Chile, também reforçou a importância do turismo para a recuperação econômica e ressaltou o papel da WTM Latin America para restabelecer as conexões e criar novos laços comerciais. “Vamos seguir trabalhando para ter uma contínua movimentação de turistas entre Brasil e Chile”, disse. O país recebeu 4,5 milhões de turistas internacionais em 2019 e a projeção é fechar o ano com 2 milhões de viajantes.

Teatros temáticos continuaram lotados ao longo do dia provocando reflexão e debate sobre temas importantes para a sociedade

Sob o mote “Chile is Back”, o país participa do evento com uma comitiva de 25 empresas que representam todas as regiões turísticas chilenas. A ideia é mostrar aos agentes de viagens e operadores toda a oferta de novos produtos e serviços desenvolvidos com foco em experiências. Segundo Verônica, na próxima semana o Chile deve anunciar um relaxamento nas restrições à entrada de viajantes internacionais.

Leonardo Seabra (Empresa Potiguar de Promoção Turística) e Nicolás Franco (ProColombia) defenderam o uso de dados como saída estratégica para a reconstrução dos negócios. Entender a demanda, criar produtos customizados – seja por segmento ou com foco em mercados emissores – e monitorar os resultados é essencial para ter resultados assertivos.

Cássio Sales Oliveira, Claiton Armelim e Gregorio Polaino defenderam mais qualificação profissional dos setor com vistas a aumentar a confiança entre empregador e colaborador, além de impulsionar a competitividade do país.

Público compareceu em massa no segundo dia do evento, confirmando expectativa de retomada dos eventos presenciais

“Aliados da Diversidade” reuniu Bruno Wendling (Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul), Bruno Reis (Empresa Potiguar de Promoção Turística) e Eduardo Murad (3Sixty/BeFly) em torno de estratégias para ampliar a construção de times diversos em todos os setores e segmentos do turismo. A conclusão entre os participantes é que é preciso internalizar essa causa para ter, de fato, toda a sociedade representada nos quadros funcionais em todas as esferas. “Essa mudança cabe a nós”, cravou Murad.

Isso inclui, obviamente, a contratação de profissionais sêniores e a criação de produtos e serviços voltados a esse público para combater o combate ao etarismo. O preconceito etário desconsidera 36% da população brasileira economicamente ativa e menospreza grandes oportunidades de negócios, criando produtos direcionados a esse público.

Visitantes, expositores também têm a disposição um aplicativo exclusivo da Feira, com acesso a palestrantes, expositores e participantes

O dia também foi marcado pela entrega do Prêmio Turismo Responsável, criado para reconhecer os avanços, abrir espaço para a multiplicação de cases e a construção conjunta de um mundo mais sustentável. “Vocês inspiram todos nós a sermos melhores a cada dia e o turismo tem o poder de mudar o rumo dos destinos”, defendeu Simon Mayle, diretor da WTM Latin America durante a cerimônia.

Tags: turismo diversidade eventos feira-de-negocios turismo-responsavel inclusao mice-business mice-no-promoview america-latina