MICE BUSINESS

MICE BUSINESS

Pesquisa GBTA e Cvent aponta para viagens corporativas mais sustentáveis

Pesquisa GBTA e Cvent aponta para viagens corporativas mais sustentáveis

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por
); ?>


23 de Maio de 2022

A sustentabilidade está na vanguarda dos negócios globais, mas será que os compromissos da empresa com o tema chegaram aos programas de gerenciamento de viagens e reuniões corporativas? O que será necessário para as empresas tornarem as viagens e reuniões de negócios mais sustentáveis?

Um novo relatório da Global Business Travel Association e Cvent – ??“ The Journey to More Sustainable Corporate Travel and Meetings Management Programs ” – escutou gerentes de viagens corporativas e planejadores de reuniões nos EUA, Canadá e vários países europeus sobre seus atuais programas e atividades de sustentabilidade. O relatório reúne opinião de 167 entrevistados em 13 países e revela a posição dos programas de viagens corporativas em termos de rastreamento de emissões, medidas de sustentabilidade de viagens de negócios, abordagens de custo-benefício e fornecimento sustentável de viagens. Ele também descreve o pensamento atual e futuro sobre os programas de reuniões corporativas, incluindo reuniões virtuais e híbridas, mudanças operacionais e fornecimento de locais.

Leia também: IAPCO compartilha estatística de seus membros em 2021

“Não há dúvida de que a sustentabilidade é um tema importante no mercado hoje. Estamos orgulhosos de fazer parceria com a GBTA para destacar a tendência emergente e ajudar as organizações a entender melhor o que seus pares estão fazendo e como navegar nessas prioridades corporativas em evolução”, afirma o diretor de marketing da Cvent, Patrick Smith.

Na pesquisa, mais da metade dos entrevistados de empresas (55%) dizem que sua organização tem uma meta de redução de emissões de carbono em toda a empresa. No entanto, menos de um quarto (23%) tem uma meta específica para viagens de negócios. Ainda menos (9%) têm um objetivo para reuniões e eventos organizados pela empresa.

A pesquisa também mostra uma grande lacuna entre a América do Norte e a Europa. Quase metade dos entrevistados na Europa (46%) diz que sua empresa tem uma meta de emissões para viagens de negócios e um em cada cinco (20%) diz que sua empresa tem uma meta para reuniões e eventos da empresa. Isso se compara a apenas 14% dos entrevistados da América do Norte que dizem que sua empresa tem como meta viagens de negócios e apenas 6% que têm como meta reuniões organizadas pela empresa

“Gestores de viagens corporativas e profissionais de reuniões têm uma tremenda oportunidade de serem motores de mudança e evolução à medida que mais empresas priorizam a sustentabilidade. Eles podem fornecer a experiência e orientação para ajudar a trazer mais sustentabilidade ambiental para as viagens e reuniões de seus funcionários”, disse Suzanne Neufang, CEO da GBTA.

Destaques adicionais incluem:

  • A sustentabilidade é uma prioridade tanto para os programas de viagens corporativas quanto para os programas de gerenciamento de reuniões. Quase três quartos dos entrevistados (73%) dizem que a sustentabilidade é pelo menos uma prioridade moderada para o programa de viagens de sua empresa, incluindo 41% que dizem que é uma prioridade máxima. Dois terços dos entrevistados (65%) dizem que a sustentabilidade é pelo menos uma prioridade moderada para o programa de gerenciamento de reuniões de sua empresa e 29% a citam como uma prioridade máxima.
  • Os programas de viagens europeus são mais propensos a priorizar a sustentabilidade. Dois terços dos entrevistados da Europa (64%) dizem que a sustentabilidade é uma das principais prioridades do programa de viagens corporativas de sua empresa, em comparação com apenas um terço dos entrevistados da América do Norte (33%).
  • O C-Suite está engajado na sustentabilidade. Mais da metade dos entrevistados dizem que executivos seniores/líderes de C-suite (57%) são as principais partes interessadas que impulsionam a sustentabilidade/redução de carbono em sua empresa, logo atrás dos departamentos de sustentabilidade/responsabilidade social corporativa (64%).
  • Espera-se que a sustentabilidade impulsione as reuniões virtuais e híbridas no futuro. Três em cada cinco entrevistados (59%) esperam que as considerações de sustentabilidade levem sua empresa a realizar mais reuniões virtuais e 52% dizem que conduzirá mais reuniões híbridas no futuro.
  • Reuniões e eventos promovidos pela empresa incorporam práticas sustentáveis. Os mais citados são fornecer transporte do local para hotéis ou outros eventos fora do local (40%), comunicar com os participantes sobre o transporte público (34%), servir alimentos de origem local (32%), usar embalagens recicláveis ??(31%) e substituição de talheres de plástico por talheres reais (30%).
  • O papel da sustentabilidade na terceirização de fornecedores. Dos entrevistados que dizem que sua empresa envia RFPs de hotéis, metade (54%) inclui perguntas relacionadas à sustentabilidade “na maioria das vezes” ou “o tempo todo”. Daqueles que dizem que sua empresa emite RFPs para locais de reuniões e eventos, mais de dois em cada cinco (44%) incluem questões relacionadas à sustentabilidade “na maioria das vezes” ou “o tempo todo.

A pesquisa foi realizada entre os membros da GBTA e partes interessadas do setor com algum envolvimento direto na aquisição de viagens e/ou planejamento, organização ou supervisão de reuniões e eventos em sua empresa de 11 a 28 de janeiro de 2022, nos EUA, Canadá, Reino Unido, Alemanha, Áustria, Suíça, Suécia, Noruega, Dinamarca, Finlândia, Bélgica, Holanda e Luxemburgo.

Tags: esg viagens-corporativas mice governana negocios sustentabilidade viagens-de-negocios