MICE BUSINESS

MICE BUSINESS

Manifesto ágil para organização de eventos

Manifesto ágil para organização de eventos

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por
); ?>


24 de Maio de 2022

O primeiro dia do Fórum Eventos, que continua hoje, no Centro de Convenções Frei Caneca, teve apresentações interessantes e temática relevante para agências, clientes e fornecedores do mundo mice.

O painel que encerrou o dia, sobre o poder das conexões humanas para transformar o amanhã, conduzido por Flávio Tavares, do Welcome Tomorrow e Manoel Carlos Junior da Experiencialize foi a que mais aplausos arrancou da audiência.

Leia também: Pesquisa GBTA e Cvent aponta para viagens corporativas mais sustentáveis

O workshop conduzido por Barbara Duran, Patrícia Segatto, Juliana Aranega e Vanessa Martin, sobre “Mudanças e como Lidar com um Futuro Incerto” e “Construindo Tendências Brasileiras”, que dividiu em grupos os participantes, inclusive quem estava online, chamou a atenção para os desafios da retomada e dos novos formatos a serem explorados.

Mas foi a apresentação de Luciana Moraes, da Criativa Eventos que provocou desconforto e uma certa inquietude. Autora do Manifesto Ágil para Organização de Eventos, Luciana apresentou o conceito que nada tem a ver com framework ou modelos Kanban, scrum ou trello.

Trata-se de um mindset que vai auxiliar o organizador a entender o público para quem o evento é direcionado e construir uma jornada inesquecível e signficativa.

A princípio parece fácil já que uma de suas aplicações é o uso de uma estrutura em mural que pode ser usada em parte ou no todo dependendo de cada projeto.

“Também também pode ser usado em co-criação no planejamento com todos os profissionais envolvidos, pois a metodologia ágil vai levar em consideração os valores que compõem o Manifesto e que eu considero um bom ponto de partida para a transformação da meneira como pensamos e executamos nosso trabalho com eventos”, afirma.

Mas a agilidade de que fala Moraes não tem a ver com um trabalho conduzido de forma eficiente, ele tem de ser eficaz. Ou seja, não é sobre fazer certinho as coisas e sim, fazer as coisas certas.

Segundo a palestrante, trata-se de contruir um trabalho com componentes humano, cultural, sustentável e que tenha um ritmo que conecte as pessoas envolvidas.

“Temos de priorizar o que é importante para entregar valor em todos os pontos de contato do organizador com seus prestadores de serviços e outros profissionais envolvidos”, alerta.

E, de novo, ela alerta que não está falando da velocidade na condução da organização do evento pois isso já é natural da profissão. Tampouco é a velocidade com que os organizadores de eventos apagam incêncios. É, antes de tudo, velocidade no processo de decisão, capacidade de experimentar novos caminhos, pivotar e colocar as pessoas no centro do processo.

Monitorar ciclos curtos de entregas e manter a equipe na mesma página também é um dos pontos fortes da gestão ágil. Bem como ser eficaz no processo e na entrega. “Uma metodologia de gestão ágil valoriza a confiança entre os envolvidos”, afirma Luciana Moraes.

Conheça  e assine aqui o Manifesto Ágil para Organização de Eventos 

Tags: eventos negocios feiras convenoes incentivo mice gestao