MICE BUSINESS

MICE BUSINESS

Como declarar gastos com viagens corporativas no IR?

Como declarar gastos com viagens corporativas no IR?

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por
); ?>


18 de Abril de 2022

Até o final do mês de maio os contribuintes devem entregar a declaração de Imposto de Renda e para muita gente há sempre a dúvida de como declarar os gastos com viagens corporativas.

Como muitas vezes o reembolso é feito com o depósito na conta bancária do colaborador, é importante ter comprovantes e registros do que foi feito de despesas em nome da empresa.

Leia também: Pessoas, Gestão e Negócios – É hora de acolher e ampliar horizontes

Mesmo que o valor tenha sido adiantado pela companhia antes da viagem ou pago depois, os valores movimentados na conta bancária do executivo precisam estar na declaração de rendimentos e serem devidamente identificados para não serem confundidos com a renda do trabalhador.

Os contribuintes têm até o final do mês de maio para entregar a Declaração de Imposto de Renda 2022

É no campo “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis, no campo “outros”, que deverão ser especificadas as despesas com viagens corporativas, mesmo que elas sejam isentas de imposto de renda. Devem ser descritos os custos, o motivo e os dados da empresa que reembolsou ou adiantou o valor.

Importante lembrar que antes de chegarmos ao momento da declaração é imprescindível que o executivo tenha tomado o cuidado de pegar comprovantes dos gastos, identificando estar em nome da empresa, bem como cuidar para que os respectivos recibos sejam apenas de serviços de hospedagem, alimentação e deslocamento. Recibos de atrações turísticas e outras compras, dependendo da empresa, não são passíveis de reembolso. Bem como as despesas que tenham sido realizadas por acompanhantes que não sejam funcionários da companhia.

Para mais informações sobre Imposto de Renda 2022, clique aqui 

Tags: viagens-corporativas despesas-de-viagem negocios rendimentos imposto ir-2022 imposto-de-renda