GERAL

Uma visita ao paraíso em plena pandemia


21 de Dezembro de 2020

O Caribe é um dos desejos de viagem de todos nós, e, por consequência, sempre lembrado como top destino dos grupos corporativos de incentivo, promoções ou eventos.

Cancún, no México, apresenta excelente infraestrutura para recepção de todos os tipos de grupos, não importa o motivo, o tamanho, ou o budget disponível para a viagem. 

Leia também: O desafio das viagens de incentivo durante a travessia do Covid-19.

Cancún tem opções interessantes para todos os bolsos. E o México é um dos poucos países que mantiveram a fronteira aberta para os brasileiros.

Ciente desses pontos, a rede hoteleira local buscou sair desta inédita crise global focando na segurança dos hóspedes para recuperar as demandas e o volume das operações. 

Todos os colaboradores foram fortemente capacitados nos protocolos de segurança, e os serviços adaptados e personalizados para proteger ao máximo o Ser humano.

Muita tecnologia e inovação têm sido testadas. Via celular do hóspede, pode-se fazer check-in, abrir a porta do quarto, mudar os canais na TV, solicitar room service, ou reservar áreas privativas nos espaços de entretenimento. 

Também se percebe muito trabalho tático de todo o staff para garantir a higienização de tudo o que é possível tocar ou compartilhar com outras pessoas. 

O resultado é que todo o esforço foi reconhecido, pois a maioria dos hotéis de Cancún já conta com um selo de segurança por parte das autoridades sanitárias locais (o J.W. Marriott, que nos convidou em conjunto com a Aeromexico para esta expedição educacional, foi o primeiro a ser reconhecido com o Certificación em Protección y Prevención Santitária em Instalaciones Turisticas). 

Tudo isso parece trazer segurança para os clientes, pois, mesmo neste clima de repique da crise, a alta demanda e a ocupação dos hotéis demonstram que os hóspedes estão voltando.

Um mimo para os clientes em Cancún.

Então, aproveitei que estava por lá para bater um papo muito legal com uma superespecialista em Cancún: Glaucia Canil, brasileira que reside há mais de 8 anos nesse paraíso, mas que se considera uma eterna turista, que continua se surpreendendo com os infinitos tons de azul do mar e do céu caribenho. 

Glaucia, Ronaldo e Juliana.

Para nosso interesse direto, do mercado corporativo, Glaucia também é director of sales do J.W. Marriott e do Marriott Cancún Resort, que representam dois dos 11 produtos do Grupo Marriott Internacional, que só em Cancún reúne mais de 3.700 apartamentos.

Confira abaixo o bate-papo de Ronaldo com Glaucia:

Ronaldo: Como você, uma brasileira que mora em Cancún, conhecendo nossas belas praias brasileiras, justifica ver tantos turistas brasileiros por estas bandas?

Glaucia: A questão não é comparar, e, sim, experienciar. Não vamos trocar as lindas praias do Brasil pelas lindas praias do México! O objetivo é conhecer algo único, novo, sair de casa, conhecer uma nova cultura e ter o prazer de mergulhar em uma praia com o mar incrivelmente azul. 

Visitar praias calmas, com areias brancas e incontáveis tons de azul, que chegam a ficar indescritíveis com o brilho da luz do sol! Além disso, vivenciar em algumas épocas do ano a desova das tartarugas marinhas ou navegar ao lado de golfinhos.

Ronaldo: Como profissional do turismo e executiva de uma grande de empresa hoteleira, você pode enumerar três bons motivos para um evento ou viagem corporativa para Cancún?

Glaucia: Cancún é um destino diverso e muito amigável. Os pontos positivos que atraem os turistas, de lazer ou negócios, são as facilidades de logística: Temos voos de várias companhias aéreas e muitas facilidades de conexão.

É um destino que se adapta aos mais diferentes tipos de perfil de público. Desde explorar as maravilhosas praias do Caribe, ou se entreter nas baladas, festas e bares das vilas. Além disso, os inúmeros resorts são um convite para que os hóspedes simplesmente possam curtir as inúmeras piscinas ou ficar relaxando nos spas.

Igualmente atrativa é a variedade cultural e gastronômica, com influência Maya, que muito atrai todos os turistas.

Para grupos, que são minha expertise, Cancún é um destino muito competitivo em termos financeiros: A alta oferta de produtos e o benefício do Governo em não cobrar, ou melhor, reembolsar o imposto de 16% para eventos corporativos são diferenciais muito positivos para as empresas.

Outro fator muito positivo é o desenvolvimento de toda uma cadeira de fornecedores locais, para atender e personalizar todas as necessidades dos clientes: transfer, decoração, cenografia, iluminação, som, vídeo…

Por fim, a facilidade de unir negócios, segurança e prazer é um grande diferencial para as empresas e seus colaboradores ou convidados.

Ronaldo: Para você, conhecendo os brasileiros, quais são as três atrações imperdíveis da região, quais são os melhores passeios extras?

Glaucia: Amo de paixão a Isla Mujeres. É um passeio imperdível! Além de o acesso ser superfácil, não precisamos bloquear o dia todo da agenda do grupo, pois bastam 4 a 5 horas para conseguir um tour de catamarã e ainda fazer snorkel, tudo em alto-mar.

Outro passeio seria Tulum (a cerca de 1h30 de Cancún). As ruínas de Tulum são as únicas construídas frente ao mar, e pode-se unir a esse passeio uma parada no Cenote, que é uma cavidade natural, nascente de água utilizada pelos Mayas em rituais.

Finalmente, compras. Cancún tem preços muito similares aos dos Estados Unidos. Para todo brasileiro que adora um shopping, perfumaria, roupa esportiva, óculos de sol e roupas, vale a pena! Claro que com um câmbio mais favorável voltará a ser mais interessante ainda.

A Zona Hoteleira tem muitos shoppings, mas o destaque fica no Plaza La Isla, que é aberto e tem uma vista incrível da lagoa Nichupté. De lá, dá para assistir ao pôr-do-sol.

Também para compras de artesanato. As famosas talaveras mexicanas, que é um tipo de cerâmica; os bordados de Yupis, que é um ponto-cruz mexicano supercolorido; Tequila, baunilha, e os mais variados tipos de pimentas (os chiles), que são sempre populares nas listas de souvenirs.

Ronaldo: E por que Cancún, México? O que tanto te encanta aqui?

Glaucia: Wow! Acho que o melhor do México são as pessoas. Aqui em Cancún, a alma da população é voltada ao turismo. Isso se nota na qualidade da hospitalidade. Mas penso que a junção dos sabores, das cores e da tradição do México causa uma explosão de boas surpresas e experiência única. É o que garante dias inesquecíveis aos turistas!

Ronaldo: Muito obrigado. Eu concordo com você. A hospitalidade e o carinho das pessoas são de fato a melhor parte do México. Obrigado por todo o carinho com que recebem os brasileiros aí na terra dos Mayas.

Tags: