DIGITAL

Tecnologia: de coadjuvante a portfólio principal de soluções da Agência


14 de Abril de 2021

Hoje o papo é sobre tecnologia. Área que migrou do suporte aos negócios para estrelar no portfólio principal da agência. 

Essa foi a visão estratégica de Renan Toledo, nosso head de Tecnologia, que, criando diariamente ferramentas para resolver os desafios de serviços e produtos da um.a, deixou de ser coadjuvante para liderar com seu time, lado a lado com a área Comercial, a frente de desenvolvimento e delivery de soluções para os clientes.

“Hoje estou com 10 anos de agência e, quando entrei, quase tudo ainda era feito em planilhas de Excel. Meu primeiro desafio foi criar um sistema ERP que interligasse todas as áreas.", relata Toledo.

"Utilizamos esse sistema até hoje, e claro que ele evoluiu muito e cresceu com as necessidades dos nossos clientes. Por várias vezes, tentamos terceirizar esse tipo de demanda, buscando no mercado uma solução para interligar todos os núcleos de trabalho. Infelizmente nunca tivemos sucesso.”, complementa. 

Renan observou também que os modelos personalizados, desenvolvidos dentro de casa, sempre eram os preferidos, pois ganhavam a confiança dos colaboradores da agência quando padronizavam os controles e seguiam desburocratizando processos, simplificando as tarefas do cotidiano.

Como eram feitos sob a demanda dos usuários, as soluções criadas eram rapidamente absorvidas e utilizadas, pois ajudavam a resolver os problemas do dia a dia das pessoas.

Segundo Renan, “como a tecnologia deve estar sempre a serviço das pessoas, seguimos evoluindo e agora, em 2021, já estamos criando um novo sistema, ainda melhor a partir dos aprendizados das ferramentas que utilizamos hoje.  Nossa agência, como todas as demais do mercado, está menor, por isso precisa alcançar outro nível de integração entre as áreas. Nosso papel é reduzir o esforço que os colaboradores gastam com tarefas táticas, multiplicando os resultados estratégicos que a agência precisa gerar para os clientes”.

“Além disso, para acompanhar o mercado e as necessidades de conexão virtual, fomos desafiados e trouxemos uma nova linguagem para a construção de nossos hotsites e plataformas.  Quando comecei nessa área, a linguagem era muito limitada e, por isso, já estava caindo em desuso. Hoje, utilizamos linguagens atuais com muitas possibilidades para inovações nos projetos. Isso permitiu que conseguíssemos reduzir o tempo médio de desenvolvimento de um hotsite de duas semanas para três dias.”, completa o head de Tecnologia.

As boas experiências dos usuários nos motivaram a seguir investindo, mas o que alavancou mesmo nossa evolução foi a urgência de reinvenção do modelo de negócio, e principalmente a necessidade de convertermos esforços em resultados para um.a – principalmente financeiros. Foi assim também que avançamos no sentido de melhorar a segurança dos dados de eventos e dos nossos clientes. 

Até mesmo para acompanhar os avanços legais, atualizamos nosso data center, trazendo as melhores tecnologias para servidores, com um alto processamento.

E, graças a um time de tecnologia conectado diariamente às necessidades dos clientes e do mercado, criamos uma plataforma inovadora para eventos on-line durante a pandemia, com layout e soluções personalizadas para cada projeto. 

Um sucesso festejado por todos, pois conseguimos priorizar as interações humanas e o engajamento das pessoas.

Tags: ronaldo-bias | inovacao | tecnologia