VAREJO

VAREJO

1ª Expo Favela planeja conectar empreendedores e investidores

1ª Expo Favela planeja conectar empreendedores e investidores

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


11 de Abril de 2022

A favela e o asfalto em um só lugar!” Foi essa a ideia de Celso Athayde, fundador da Favela Holding, quando inventou o Expo Favela.

A primeira edição do evento, organizada pela Favela Holding e realizada pela Central Única de Favelas (Cufa), quer reunir empreendedores da periferia e investidores.

Leia também: Kallas Mídia OOH realiza evento para conectar agências e marcas

A Expo Favela será realizada nos dias 15, 16 e 17 deste mês, no World Trade Center (WTC), em São Paulo, com a esperança de receber cerca de 5 mil pessoas por dia.

O encontro vai reunir 350 empreendedores que possuem negócios nos mais diversos setores em favelas do Brasil inteiro. Milhares de pessoas se inscreveram para participar da feira e ter a chance de exibir seus trabalhos na favela para 300 representantes de fundos de investimentos que vão marcar presença no evento.

Os expositores ainda vão concorrer a prêmios para aumentar ainda mais os investimentos em seus negócios, e também vão poder divulgar seu trabalho em programas da TV Globo.

Ao todo, 10 empreendedores da favela serão contemplados.

Não é à toa que a feira vai acontecer no WTC São Paulo, complexo empresarial que fica em um dos centros econômicos de São Paulo e perto das maiores favelas da metrópole.

A programação vai ser separada em trilhas, com exposições, rodadas de negócios, apresentação de startups, mentorias, palestras, workshops, shows, filmes e desfiles.

Nos intervalos, os participantes terão a oportunidade de conferir os estandes dos expositores.

Na abertura, segundo os organizadores, será mostrada uma pesquisa inédita realizada pelo Data Favela a respeito do cenário do empreendedorismo nas periferias.

Entre os participantes do evento estão Andréia Sadi, Ad Junior, Christian Gebara, Luiza Helena Trajado, Kondzilla, DJ Alok, Luciano Huck, Minotauro, Thelma Assis, Natuza Nery, Preto Zezé, Regina Casé, Marcelo Tas, Gabriela Prioli, Karla Recife, Fernanda Ribeiro, Ana Karla Recife e outros.

“Sempre trabalhamos com empreendedorismo. As pessoas da favela sempre empreenderam, porque quem tem baixa renda precisa se virar. Então, a exposição é um desdobramento do que a gente já faz. Não é só um evento. É o start de um processo de emancipação de uma cultura da favela, que está sempre ali, no asfalto, querendo uma ajuda. É sair de um lugar de carência e ir para um lugar de potência”, declarou Celso Athayde.

A Expo Favela conta com o patrocínio de Sesi, Grupo Carrefour Brasil, Nubank, Gol, Ifood, Favela Vai Voando, Mondelez International, Ultragaz, Facily, Ambev, Vivo e Oliveira Foundation.

“Já que o asfalto não chama a favela para debater esses assuntos, a favela precisou criar seu próprio evento e chamar o asfalto”, conclui Celso.

O público em geral também pode participar da Expo Favela ao comprar aqui ingressos, a partir de R$ 15.

Tags: Empreendedorismo feiras-de-negocios negocios empresas expo-favela