VAREJO

VAREJO

Converse celebrou o Dia dos Mortos com coleção que transcende fronteiras culturais

Converse celebrou o Dia dos Mortos com coleção que transcende fronteiras culturais


21 de Novembro de 2023

Desde 2021, o Dia dos Mortos é celebrado pela Converse, uma marca que defende o espírito criativo e a autoexpressão por meio de momentos culturais, e materializa seus posicionamentos com a criação de produtos para uma linha limitada, como forma de expressar sua admiração pelo conceito da data. Neste ano, a marca deu continuidade às homenagens, valorizando o significado cultural de consagrar a família, com modelos disponíveis a partir de 10 de novembro, em seu e-commerce.

O Dia dos Mortos surge de uma fusão entre as celebrações católicas trazidas à América pela Espanha, e os rituais indígenas do México. Esta é uma das tradições mexicanas mais significativas, na qual a população se prepara para receber as almas de seus entes queridos. As festividades acontecem em cidades e vilas do México e da América Latina, nos primeiros dois dias de novembro, como um culto à vida e à morte.

Fazem parte dos costumes os símbolos culturalmente significativos, como as coloridas Calaveras (caveiras esculpidas e decoradas com padrões e desenhos particulares da tradição) as Calacas (esqueletos) e os recortes de papel característicos, assim como acendimento de velas, grandes desfiles, festas, fantasias, música e dança.

À medida que as famílias se preparam, as belas exibições de oferendas e objetos que os representam, conhecidas como Ofrendas (oferendas), representam o acolhimento dos falecidos. Todos esses símbolos, entre as obras de arte, as cores e as celebrações são os elementos que inspiraram a série de calçados Dia dos Mortos.

As personalizações dos modelos são baseadas nas clássicas silhuetas da marca, como o Chuck 70, e desta vez enfatizando os icônicos modelos de plataforma, o Run Star Legacy CX e o Chuck 70 AT-CX, seguindo a tendência dos tênis elevados. 

A paleta de cores e o estilo das estampas gráficas são inspirados em elementos do papel picado, típico da autêntica cultura mexicana e presente nas oferendas que são penduradas ao longo das ruas do país durante a data. Uma variedade de caveiras e flores representam a união dos vivos e dos mortos, e os elementos que proporcionam contraste de texturas são inspirados em calaveras e malmequeres (flores amarelas) que são espalhados com o propósito de guiar as almas até sua oferenda e sua família.

Tags: varejo Converse lanamento dia-dos-mortos