TECNOLOGIA

TECNOLOGIA

GL events lança Welcome Tomorrow 2022

GL events lança Welcome Tomorrow 2022


18 de Março de 2022

Há algum ponto em comum entre mobilidade e metaverso? Como as pessoas fazem para otimizar o tempo, que se torna cada vez mais escasso? Foram estas as perguntas respondidas por Flavio Tavares, idealizador do festival Welcome Tomorrow, que a GL events lançou no último dia 15. 

A São Paulo Expo, um evento exclusivo, reuniu parceiros e patrocinadores com o objetivo de oferecer uma prévia das reflexões que vão ocorrer entre os dias 25 e 27 de outubro, na edição deste ano do festival.

Leia também: Mark Zuckerberg confirma NFTs no Instagram

Desde 2012, o festival traz para o debate assuntos como mobilidade, tecnologia e futuro, ao realizar reflexões sobre tempo e vida. Incluindo várias ações para potencializar o tema e despertar o interesse, o movimento produziu um ecossistema global com influência em mais de 20 países, com a intenção de transformar o mundo a partir da mobilidade. A última edição, em formato híbrido, contou com mais de 20 mil participantes.

Flavio Tavares, idealizador do Welcome Tomorrow, Jordana Souza, cofundadora e Chief Revenue Officer (CRO) da VOLL, Mariana Achutti, fundadora e CEO da Sputnik e Alexandre Frankel, CEO da Housi e Chairman da Vitacon. 

Na programação de lançamento da edição deste ano, participaram Jordana Souza, cofundadora e Chief Revenue Officer (CRO) da VOLL, Mariana Achutti, fundadora e CEO da Sputnik, Alexandre Frankel, CEO da Housi e Chairman da Vitacon, além de Renan Hannouche e Dante Freitas, fundadores do Gravidade Zero.

Na abertura, Flavio Tavares destacou como o metaverso tem influenciado o cenário mundial há muito tempo, desde jogos em que criamos nossos avatares até a evolução das redes sociais neste conceito, além de influenciar na mobilidade e no comportamento das pessoas.

“O Instagram permite que você possa criar um personagem, assim como nos jogos. Dentro desta rede, é possível modificar seu rosto com filtro e fazer um recorte da realidade. As pessoas exibem comportamentos e rituais que, muitas das vezes, não condizem com a realidade. Vai além da tecnologia”, afirmou.

Flavio Tavares lembrou como o metaverso já está presente em nosso cotidiano há algum tempo. Foto: Divulgação

Em relação à mobilidade, os especialistas debateram a respeito de como o metaverso pode facilitar o movimento de todos, mas Flavio ressaltou a importância de como a humanidade pode gastar o seu tempo.

“O metaverso permite a humanidade ir além, consequentemente, propicia a otimização do tempo, da sua mobilidade. É possível, por exemplo, uma pessoa ir ao mercado via aplicativo e escolher os seus produtos virtualmente. Isso evita com que ela se desloque ao mercado “real”. Mas temos que alertar sobre o tempo livre. Muitas pessoas reclamam que falta tempo, a grande questão, porém é como o tempo vago é aproveitado”, concluiu ele.

Tags: mobilidade metaverso eventos gl-events metaverso-como-funciona