PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Ativação da BMW atrapalha partida de tênis

Ativação da BMW atrapalha partida de tênis


26 de Fevereiro de 2022

Em marketing, nem sempre estar no melhor lugar possível significa estar no lugar certo.

Na semana passada, no ATP de Delray Beach, na Florida, uma ativação colocou carrões da BMW literalmente dentro da quadra de tênis, no canto superior esquerdo das transmissões, espaço praticamente impossível do produto não ser percebido. E o maior erro foi justamente esse. 

Nas quartas de final, partida entre os americanos Stefan Kozlov e Tommy Paul, uma das bolas foi tão no canto que Koslov bateu com a raquete no carro ao tentar salvá-la, perdendo o ponto. Logo em seguida o tenista fez menção a bater, desta vez de forma intencional, na lataria do carro.

O atleta perdeu a partida e, com o vídeo correndo a internet, a comunidade do tênis começou a questionar seriamente a presença de um objeto estranho e daquele tamanho em uma parte totalmente utilizável da quadra.  Esta ação de brand experience  ganhou repercussão nas redes pelo erro da organização do evento em permitir a intervenção que se sobressai ao esporte e ao desempenho dos atletas em prol de uma ação comercial, e pelo time da BMW em não ter o mínimo discernimento de que estaria não apoiando, mas atrapalhando o jogo.

Erro grosseiro da organização do evento em cogitar uma intervenção dessas, que fere o próprio esporte e o desempenho dos atletas em prol de uma ação comercial, e do time da BMW em não ter o mínimo discernimento de que estaria não apoiando, mas atrapalhando o jogo.

Na sequência, Daniil Medvedev, o atual nº 2 do mundo, zoou no seu perfil tuitando: “Não acerte a BMW. É meu carro favorito!”. Medvedev é embaixador da marca alemã...

E aqui entra a pergunta clássica. Quem aprovou esta ação de live marketing?!?

Tags: Merchandising esportes melhores-da-semana BMW automoveis tenis