NFT

NFT

Santos lança tokens em homenagem ao título de 1962

Santos lança tokens em homenagem ao título de 1962

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


23 de Maio de 2022

Um dos melhores anos para o Santos Futebol Clube foi 1962. No ano em que completou o aniversário de 50 anos de fundação, o time de Pelé ganhou todos os títulos importantes, como a Taça Libertadores da América, o Mundial Interclubes, o Campeonato Brasileiro (na época Taça Brasil), além do Campeonato Paulista. E, para comemorar, o Santos lança, em parceria com a Block4, fantech especializada em soluções de blockchain para os mercados de esportes e entretenimento, colecionáveis digitais homenageando essas conquistas.

Leia também: Vasco lança Coleção Dinamite em tokens

A Coleção 1962 terá itens exclusivos que remetem ao título de campeão Mundial Interclubes e a cada semana trará para o torcedor um colecionável digital. Os primeiros são reproduções digitais dos ingressos das partidas decisivas contra o Benfica no Rio de Janeiro e em Portugal, que o clube disponibiliza no site santos.tibs.app

“Desenvolvemos com o Santos Futebol Clube uma coleção exclusiva que vai reaquecer a vitória do time na memória dos torcedores. A cada semana vamos lançar um colecionável novo. Teremos, ainda, camisetas, troféu, faixa, pôster e muito conteúdo diferenciado para o fã”, afirma Thiago Canellas, CEO da Block4.

Cada colecionável digital é único. A tecnologia para gerar um NFT é um selo digital associado a um item que garante a sua autenticidade, permitindo que os colecionáveis sejam comprados, trocados e vendidos entre os torcedores. 

Nesse sentido, somente o dono do colecionável digital tem acesso ao conteúdo multimídia. No futuro, os colecionáveis digitais poderão ser incorporados em jogos e situações cotidianas, aumentando as possibilidades de interações entre os torcedores. Os NFTs da Block4 são emitidos em uma das redes mais robustas, baratas e limpas entre os protocolos de Blockchain. A rede WAX emite menos de 0.001% da pegada de carbono e essa emissão é totalmente compensada, tornando os colecionáveis digitais da Block4 carbono neutros. 

Tags: futebol blockchain esportes santos nfts tokens-nao-fungiveis block4