MKT ESPORTIVO

MKT ESPORTIVO

WSL exportará modelo do Oi Rio Pro para o mundo

WSL exportará modelo do Oi Rio Pro para o mundo

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


7 de Julho de 2022

O Oi Rio Pro apresentado por Corona, etapa brasileira do Championship Tour – CT 2022, maior e mais importante campeonato de surfe do planeta, realizado pela World Surf League, marcou a história da modalidade esportiva.

Leia também: ASICS Golden Run RJ encerra inscrições hoje

De 23 a 28 de junho a praia de Itaúna, em Saquarema, Rio de Janeiro, recebeu público de mais de 40 mil pessoas por dia que assistiram as manobras dos maiores surfistas internacionais nas ondas, em baterias eletrizantes e repletas de bastante técnica, que consagraram o brasileiro Filipe Toledo e a havaiana Carissa Moore como campeões.

Só que o sucesso não ocorreu apenas dentro d’água. A imponente estrutura montada pela WSL para a competição virou um modelo para etapas do CT realizadas em outros países.

Com área construída de 3.200 m2 em Itaúna, que demorou aproximadamente 50 dias para ser montada em um trabalho que contou com uma equipe de mais de 500 pessoas, essa estrutura conquistou atletas, organizadores, patrocinadores e o público, se consagrando como um programa de entretenimento para a família inteira, o que provou que o surfe é um esporte que conquistou pessoas de todas as idades e classes sociais.

Maior estrutura e maior evento do CT no mundo, o espaço instalado na praia foi uma inovação que deve ser replicada em outros países onde são realizadas as etapas do circuito.

Com isso, não é somente no desempenho sobre as pranchas que o Brasil se destaca entre as nações mais fortes do surfe no mundo. O modelo brasileiro para o evento se mostrou um sucesso e foi celebrado, devendo ser exportado para onde a WSL realiza suas competições.

Uma das grandes novidades foi a passarela para os atletas acessarem o mar, equipada com painéis LED, e que também serviu para a apresentação ao público dos atletas classificados para as finais, antes deles entrarem em suas últimas baterias.

A Red Bull Athlete Zone, uma casa de vidro para os atletas, transparente e que oferecia interatividade com o público, onde eles faziam seus exercícios de aquecimento e preparação antes de entrarem no mar e também para relaxarem nos primeiros momentos pós-baterias.

A Vila de Patrocinadores foi outra inovação, com uma área em que as 22 marcas associadas ao evento realizaram suas ativações para animar e entreter quem foi conferir a 8ª etapa do Championship Tour da WSL.

O Oi Rio Pro apresentado por Corona contou com patrocínios de Oi, Corona, Havaianas, Oakley, Hydro Flask, Expedia, Banco do Brasil, BB Asset Management, Secretaria de Esporte e Lazer do Governo do Rio de Janeiro, Prefeitura de Saquarema, Enel, TikTok, 51 Ice, Localiza, Oakberry, Australian Gold, PuraVida, NewOn, UniCesumar, BFGoodrich e EY. Todos promoveram as mais variadas ativações direcionadas ao público.

“Mais uma vez, ficamos muito felizes por fazermos parte do Oi Rio Pro. Além de patrocinarmos a etapa brasileira do circuito mundial de surfe, conectamos com o melhor serviço de internet, a Oi Fibra, um público de milhares de pessoas que pôde compartilhar sua vibração com o mundo e mostrar que nossa torcida de fibra muda tudo”, declara Lívia Marquez, diretora de Marca da Oi.

“Foi uma grande satisfação participar de mais essa etapa do CT da WSL, a maior do mundo até o momento. E o melhor de tudo, em casa, no Brasil. Como uma cerveja nascida na praia, Corona convida as pessoas a se conectarem com a natureza e já tem uma relação de longa data com o esporte e com o surfe. A edição deste ano foi ainda mais especial, porque além de levar o estilo de vida de Corona para o público, nós usamos nossa participação no evento para falar sobre a preservação dos oceanos e a luta contra a poluição plástica, afinal de contas, sabemos que para ter ondas perfeitas no Brasil e no mundo, precisamos preservar o nosso planeta”, disse João Pedro Zattar, head of marketing da Corona.

Na grande estrutura instalada na praia, outro lançamento que deve ser replicado em outros lugares do mundo onde ocorreram as etapas do torneio foi o 51 Ice Lounge, área exclusiva de hospitalidade para convidados da WSL e de patrocinadores ao lado da Casa de Vidro dos atletas, com vários benefícios e serviços.

Superconfortável, o espaço de 500m², com capacidade para 300 pessoas por dia, proporcionou uma experiência única de entretenimento e emoção no Oi Rio Pro apresentado por Corona, incluindo serviço de catering premium, open bar com grande variedade de produtos Ready to Drink da 51 Ice e drinks com Cachaça 51, em um lugar de posição privilegiada perto do pódio, para a cerimônia de premiação. O espaço dava a possibilidade de fotos com os troféus dos campeões e tinha uma fila preferencial para sessão de autógrafos.

O espaço também possuía visão privilegiada da competição, com um palanque acima da areia, além de um espaço exclusivo para quem preferia assistir as baterias na areia.

Grandes telas de smart TV possibilitaram que os participantes VIPs assistissem de perto as manobras dos atletas e desafios nas ondas, além das notas dos juízes em cada bateria.

O sucesso foi tanto que, até nos dias off, em que as condições do mar não permitiam a realização de baterias, o 51 Ice Lounge estava cheio de convidados.

“Não há palavras suficientes para descrever o evento, uma vez que tudo foi espetacular: organização, público, ondas, clima, performance brasileira e, sem dúvida, a megaestrutura implementada. Tudo funcionou perfeitamente. Para nós da 51 ICE, estar presente, da maneira robusta como estivemos, em um evento tão grandioso assim, foi desafiador. A vinculação da marca foi agressiva, otimizada ao máximo com várias ativações acontecendo e, principalmente, como protagonista através do 51 ICE Lounge, um espaço fantástico e diferenciado que se destacou no meio desta estrutura enorme”, revelou José Aidar Neto, CEO da Cia Müller de Bebidas, fabricante da 51 ICE.

“Vimos que nossa marca foi extremamente bem-vinda e bem recebida pelo público em geral e, no final, é isto que queremos! Logo, a percepção inicial é que funcionou muito bem e estamos na direção certa consolidando nossa parceria com a WSL”, acrescentou.

Outra atração que tem bastante chance de ser repetida mundo afora nas competições da WSL é o Beach Gourmet, que contou com restaurantes representando a culinária de países em que são realizadas etapas do CT: Austrália, Portugal, Havaí, Estados Unidos, Indonésia e Taiti.

O local foi assinado pela produtora de eventos Yellow Stripe, em colaboração com a 7 Gastronomia, do Chef Alex Atala, e a Sapore, maior empresa de alimentação coletiva do Brasil.

Tags: surfe esportes melhores-da-semana WSL world-surf-league