METAVERSO

METAVERSO

GUT São Paulo cria The Stolen Art Gallery para COMPASS Uol

GUT São Paulo cria The Stolen Art Gallery para COMPASS Uol

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


2 de Junho de 2022

Você já imaginou ter uma experiência completamente única de ver uma obra como “Tempestade no Mar da Galileia”, que foi roubada do Museu Isabella Stewart Gardner, há 32 anos? Foi com esse objetivo que a GUT São Paulo, agência global independente, usou a tecnologia desenvolvida pela Compass UOL, uma empresa global focada em transformação digital por meio do uso de tecnologias estado da arte para devolver ao mundo obras de arte roubadas nas décadas recentes.

Leia também: Spotify Island lança ilha temática de K-pop no Roblox

Denominada como The Stolen Art Gallery, a ação criou uma galeria virtual no metaverso reunindo obras roubadas de artistas como Van Gogh, Rembrandt, Cézanne, Caravaggio e Manet.

A galeria digital estará disponível a partir de um aplicativo que será um dos primeiros a oferecer a experiência de realidade virtual através de um smartphone, em qualquer lugar do planeta.

“São obras de arte muito famosas, mas que, por terem sido roubadas, pouquíssimas pessoas tiveram a sensação de olhar e admirar diretamente essas obras. Então, para devolver essa sensação única, e mostrar ao mercado todo o potencial criativo e tecnológico de Compass UOL, criamos esse metaverso onde o público pode ter uma experiência diferente e ao mesmo tempo interagir com outros visitantes, seja dos Estados Unidos, do Brasil, ou de qualquer lugar do Mundo”, revela Giulio Beloto, ACD da GUT São Paulo.

No filme gravado nos EUA, GUT São Paulo e Compass UOL convidam cinco pessoas a entrarem em uma sala toda branca, em uma galeria de arte de Miami, que tinha disponíveis apenas óculos de realidade aumentada.

Quando colocam os óculos, elas são automaticamente transportadas para a The Stolen Art Gallery e suas reações foram registradas para o filme da campanha.

As pessoas que tiveram a chance de experimentar a tecnologia foram surpreendidas. “Isso é algo totalmente diferente, deixa você impressionado”, afirmou William Mii, estudante de arte. Por outro lado, Jeremy Bickford, professor de artes, declarou que a sensação é a de tocar a tela.

A iniciativa destaca o caráter inovador de Compass UOL, com um spoiler do tipo de interação social tecnológica que a empresa pode disponibilizar aos seus clientes.

“A tecnologia explora o conceito de metaverso, criando um novo nível de interação social entre o visitante e a galeria. A proposta traz muito mais do que uma galeria digital, os usuários interagem com as obras como acontece em um museu físico e isso pode ser feito de qualquer lugar do mundo”, concluiu Alexis Rockenbach, CEO de Compass UOL.

Acesse a galeria virtual aqui.

Tags: melhores-da-semana compass-uol metaverso realidade-virtual realidade-aumentada gut-sao-paulo arte