METAVERSO

METAVERSO

Brasileiros podem solicitar green card para os EUA no universo virtual

Brasileiros podem solicitar green card para os EUA no universo virtual

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


30 de Julho de 2022

A AG Immigration, um escritório de advocacia imigratória para os Estados Unidos, lançou nesta semana sua sede no AltSpaceVR, o metaverso da Microsoft.

No universo virtual, os clientes da empresa terão a oportunidade agendar consultas com advogados, consultar petições e participar de palestras e workshops gratuitos sobre como morar e trabalhar nos EUA.

Leia também: Tommy Hilfiger inaugura loja futurista no Roblox

“Quase todos os nossos casos já são realizados à distância. Agora, em vez de fazermos reuniões por videoconferência, poderemos oferecer uma experiência muito mais imersiva ao cliente, possibilitando uma abordagem mais afetiva e que gera mais confiança durante todo o processo imigratório”, detalha Rodrigo Costa, CEO da AG Immigration, primeira empresa do setor a marcar presença no metaverso.

No começo, o escritório da AG no metaverso vai realizar consultas jurídicas aos clientes por meio de agendamento prévio.

Logo, porém, serão criados espaços públicos e abertos a todos os usuários do AltSpaceVR.

“Teremos ambientes onde as pessoas poderão fazer testes para verificar as chances de obter um determinado visto ou simular uma entrevista com a imigração americana”, acrescenta Rodrigo Costa.

O escritório de advocacia, sediado em Washington, D.C., trabalha atualmente com clientes de aproximadamente 30 países, sendo o Brasil o seu maior mercado.

No ano passado, o número de brasileiros que viraram cidadãos dos EUA atingiu um recorde. 12.281 pessoas receberam a naturalização americana, o que representa o maior número da história, sendo 47,5% superior a 2020, que teve 8.323.

Os dados são do Departamento de Segurança Interna dos EUA.

Os números também mostram que o Brasil foi o oitavo país que mais recebeu green cards em 2021. Foram 17.952 emissões do documento, que dá o direito de morar e trabalhar de modo permanente nos EUA.

Trata-se de um crescimento de 7,2% em comparação a 2020 (16.746) e o segundo maior número da história.

O metaverso ganhou popularidade nos meses recentes, com um número crescente de empresas indo para o mundo virtual, replicando experiências e ambientes da realidade, sempre com foco na conexão social.

Segundo a Gartner, consultoria de inteligência de mercado, 25% das pessoas vão passar ao menos uma hora no metaverso, seja para compras, cursos, entretenimento ou interações sociais.

O metaverso da AG Immigration foi feito por uma empresa brasileira de desenvolvimento de jogos, aplicativos e conteúdo de mídia digital.

O AltSpaceVR foi escolhido por ser atualmente um dos poucos metaversos que dão aos usuários a oportunidade de interagir tanto por meio de óculos de realidade virtual (3D) quanto por meio do computador (2D).

“Além disso, o AltSpaceVR oferece melhor processamento gráfico, o que permite uma imersão mais realista. É também mais frequentada pelo público adulto em comparação aos outros metaversos e contém mais recursos que nos permite manter o sigilo das informações”, conclui Costa.

A primeira consulta da AG Immigration no metaverso e a primeira realizada no mundo inteiro, foi com a especialista em marketing digital Juliany Domingues.

Ela é CEO de uma empresa de consultoria da área e pretende ir para os Estados Unidos nos próximos anos, para aproveitar as oportunidades do mercado de trabalho americano.

“Já ouvi falar em alguns vistos, como o EB-1 e o EB-2, mas foi muito importante ter conversado com a advogada da AG Immigration para entender qual tipo de green card é o mais indicado para mim. Fiquei feliz em saber que posso ser elegível para conseguir a residência permanente nos EUA”, celebrou.

Tags: estados-unidos melhores-da-semana metaverso realidade-virtual ag-immigration imigracao green-card