MARTECHS

MARTECHS

Ramper compra Linkseller e chega ao mercado de CRM

Ramper compra Linkseller e chega ao mercado de CRM

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


5 de Julho de 2022

A Ramper, empresa líder em soluções de vendas B2B, acaba de anunciar a compra da Linkseller, um CRM de vendas voltado para empresas B2B que conta com milhares de usuários ativos. 

Essa é a segunda aquisição da martech em 2022, que anteriormente já havia anunciado a compra da LAHAR - movimento que a transformou na única plataforma do mercado nacional a disponibilizar ações de inbound e outbound de forma integrada. 

Leia também: Standout cresce 200% em 2 anos

Com o novo deal, a martech passa a ser a primeira empresa do país a oferecer uma solução completa de marketing e vendas para as empresas B2B.

De acordo com Ricardo Corrêa, CEO e fundador da Ramper, a aquisição visa possibilitar aos atuais e futuros clientes a centralização da jornada do lead - do momento que ele é gerado, engajado e qualificado, até ele se tornar um cliente ativado -, promovendo níveis de integração mais profundos em relação a outras ferramentas existentes. 

“Depois de liderarmos o espaço de prospecção e geração de leads, a partir do final do ano passado, iniciamos a construção de uma solução completa capaz de abranger todas as necessidades de marketing e vendas de uma empresa B2B”, detalha. 

“O produto Linkseller passa a se chamar Ramper Pipeline e a fazer parte da nossa suíte que já conta com quatro produtos, sendo prospecção, marketing, engajamento e agora o CRM de vendas”, complementa. 

Além de operar com a suíte completa para marketing e vendas B2B, a Ramper continuará oferecendo suas soluções de forma individual, mantendo as integrações que já existem com ferramentas de terceiros. “A vantagem para a empresa que utilizar os produtos de forma integrada é de fechar o loop e cobrir os gaps de comunicação que existem entre as áreas de marketing, prospecção (SDR) e vendas. Mas o cliente continua livre para montar seu stack da forma como preferir”, ressalta. 

Corrêa explica ainda que a partir de agora toda a equipe da Linkseller será incorporada ao time de colaboradores da Ramper. Além disso, os seus fundadores Daniel Curvello Moreira e Thales Bessa passam a ser sócios minoritários da startup. “Tanto os funcionários quanto os founders continuarão no dia a dia da operação e vão prosseguir trabalhando no aprimoramento do CRM, bem como dando suporte a base de clientes, que também se junta à Ramper”, acrescenta.

Segundo Daniel Curvello Moreira, fundador da Linkseller, o deal com a startup foi motivado pelo plano de expansão da empresa. “Investimos muito no desenvolvimento do nosso produto para ter um CRM de vendas com alto nível de entrega e nos destacarmos em um mercado muito competitivo. Acompanhamos a Ramper desde o início de sua jornada e vimos uma oportunidade de acelerar nossos planos fazendo parte de uma empresa que já é líder no mercado B2B e possui milhares de clientes sinérgicos com nosso produto”, revela. 

Lançada em 2017, a Ramper já captou R$9 milhões no mercado, ultrapassou a marca de R$10 milhões de faturamento em 2021 e se consolidou como a principal plataforma de prospecção digital no Brasil tendo como único produto o Ramper Prospect. No fim do ano passado, a startup lançou sua segunda solução, o Ramper Engage, e no início de março, com a compra da LAHAR, a empresa trouxe ao portfólio o Ramper Marketing. “Com esse movimento, criamos um grande diferencial de mercado sendo a primeira empresa a oferecer tudo o que uma empresa B2B precisa para sua jornada de crescimento em um único lugar. Nosso objetivo é trazer cada vez mais digitalização de atividades, agilidade de processo e integração entre os times dos nossos clientes”, aponta Corrêa.

A partir de agora, com a formalização da nova aquisição, a Ramper se prepara para buscar uma nova captação (Série A), visando acelerar o desenvolvimento da tecnologia integrada e também a expansão da base de clientes. “Essa segunda aquisição completa nossa suíte de marketing e vendas B2B e reforça o quanto a empresa amadureceu. O objetivo agora é aproveitar nossa expertise de digitalizar processos complexos de vendas B2B e puxar a fronteira deste mercado”, conclui Ricardo Corrêa. 

Tags: Marketing Martechs b2b ramper