MKT SOCIAL

MKT SOCIAL

Audi leva energia solar para a comunidades na Amazônia

Audi leva energia solar para a comunidades na Amazônia


12 de Maio de 2022

A Audi do Brasil, Audi Environmental Foundation e Litro de Luz fizeram uma parceria para a instalação de quase 200 soluções de iluminação de energia solar para comunidades ribeirinhas na Amazônia.

Leia também: Chevrolet Spin e Casa do Vira Lata resgatam animais de rua

A ação que aconteceu no Rio Negro, saindo de Manaus, levou 30 postes solares e mais de 150 lampiões para os moradores de Nova Canaã, Nova Jerusalém e Lindo Amanhecer.

A campanha foi realizada entre os dias 20 e 24 de abril e beneficiou mais de 600 moradores. Trata-se da segunda ação apoiada pela empresa na Amazônia, este ano.

Em março, conforme o Promoview informou, o paraquedista Luigi Cani semeou mais de 100 milhões de sementes ao pular de paraquedas em uma área desmatada no estado do Amazonas com apoio da Audi do Brasil.

“A parceria entre Audi do Brasil, Audi Environmental Foundation e Litro de Luz nasce com um propósito bastante claro de levar luz para quem precisa por meio de soluções sustentáveis, sem emissão de CO². Após acompanhar e fazer parte desta ação inesquecível, posso dizer que este é um dos projetos que mostra da melhor forma a essência dos parceiros do projeto, empresas que buscam soluções limpas para todos”, declara Antônio Calcagnotto, responsável por assuntos institucionais e Sustentabilidade na Audi do Brasil e um dos voluntários durante as instalações nas comunidades ribeirinhas.

“Foi uma alegria e satisfação ser um dos voluntários a levar melhoria de qualidade de vida e segurança para os moradores. Pudemos fazer um pouco de diferença para estas pessoas”, acrescenta Calcagnotto.

A ação na Amazônia teve início bem antes do dia 20 de abril, quando todos os voluntários(as) chegaram em Manaus.

No início, eles estabeleceram quais comunidades iriam receber as soluções de iluminação. A equipe do Litro de Luz visitou a região e encontrou três locais que sofriam com a falta de energia: Nova Canaã, Nova Jerusalém e Lindo Amanhecer.

Algumas das comunidades localizadas na ribeira do Rio Negro possuem gerador de energia que fornece eletricidade para as escolas municipais e Unidades Básicas de Saúde local, mas que funcionam em períodos curtos do dia e nem sempre de maneira regular.

Na comunidade Nova Canaã, por exemplo, não tinha eletricidade desde dezembro na Escola. Mesmo nas comunidades em que o gerador movido à diesel estava funcionando, o período de usa era limitado durante as atividades escolares.

Desse modo, soluções alternativas eram necessárias para os comunitários terem mais segurança e iluminação durante os períodos sem energia, principalmente à noite.

“Já na noite do primeiro dia em que fizemos as instalações dos postes e entregamos os lampiões, pudemos observar a melhoria da qualidade de vida e segurança dos ribeirinhos, sem falar na evidente alegria com as soluções, estampada no rosto das crianças e familiares”, celebra Calcagnotto.

Para cada comunidade, as marca apresentou como soluções o lampião e o poste solar. O lampião tem uma estrutura de PVC, com garrafa PET, uma bateria, lâmpadas de LED e um tamanho adequado que proporciona mobilidade durante as atividades noturnas, dentro e fora da casa dos comunitários.

O poste solar, por outro lado, é montado com bateria de lítio de alta performance e baixa manutenção e posicionado em locais estratégicos com grande movimentação de pessoas nas comunidades.

Ambos usam placas solares para carregamento e, no caso dos postes, continuam acesas por toda a noite, com o carregamento automático diurno.

“O Litro de Luz nasceu inspirado na solução de Alfredo Moser, mineiro que trouxe uma alternativa de iluminação colocando uma garrafa PET com água no telhado, solução que rodou todo o mundo. Assim, a sustentabilidade está no core do Litro de Luz. Estamos sempre buscando alternativas sustentáveis para oferecer às comunidades que precisam de luz”, complementa Laís Higashi, presidente do Litro de Luz Brasil.

A metodologia que a ONG Litro de Luz usa faz com que o processo de montagem seja feito por meio do engajamento com as comunidades, pelos próprios moradores, assim, eles criam um laço e cuidam das soluções para que durem o máximo de tempo possível.

Embaixadores locais são formados em cada comunidade para que o contato com a ONG seja permanente e as soluções tenham a atenção necessária durante a utilização.

Além da manutenção, um dos requisitos da Audi Environmental Foundation, foi de que as baterias, ao perderem capacidade e possibilidade de uso, sejam devolvidas para reciclagem e o Litro de Luz vai trabalhar para substituição.

"É extremamente importante para a Audi Environmental Foundation realizar ações sustentáveis com propósitos tão especiais, principalmente na região amazônica. Ao firmar esta parceria com a ONG Litro de Luz no Brasil sentimos que nosso papel está sendo cumprido impactando positivamente mais de 100 famílias de comunidades ribeirinhas da Amazônia”, conclui Rüdiger Recknagel, diretor da Audi Environmental Foundation.

Tags: melhores-da-semana ongs litro-da-luz audi amazonia meio-ambiente sustentabilidade sociedade