LIVE MARKETING

LIVE MARKETING

Estande desaba na APAS Show

Estande desaba na APAS Show

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


19 de Maio de 2022

Parte do estande da Plasútil desabou nesta terça-feira, 17 de maio, na APAS SHOW, a maior feira de supermercados do planeta e a maior feira de alimentos e bebidas das Américas, que voltou a ser realizada após dois anos de hiato por conta da pandemia.

Veja todas sobre a APAS Show

Um acidente desse tipo não acontecia há bastante tempo na APAS e foi precedido por outro desabamento durante a montagem dos espaços. Especialistas ouvidos pelo Promoview atribuem estes problemas ao grande volume de projetos na retomada definitiva dos eventos após a crise sanitária da Covid-19 frente a um mercado fornecedor desestruturado.

Veja as fotos:

Em artigo publicado recentemente, Paulo Passos, diretor executivo da ABRACE – Associação Brasileira das Empresas de Cenografia e Estandes, destaca que, antes da pandemia, uma montadora possuía, em um exemplo fictício, uma equipe de 20 pessoas para montar dois estandes.

Nesta fase “maluca” de retomada pela qual estamos passando, esta mesma montadora tem 4 funcionários, arrumou mais 6 freelances, totalizando, assim, 10, isto é, metade da força de construção que tinha anteriormente.

De acordo com o executivo, há também uma grade que precisa ser ajustada, de modo que eventos que costumavam apresentar estandes complexos construtivamente, agora acontecem na mesma semana e com isso, a equipe de 10 funcionários, que antes era de 20, precisa montar 4 estandes em vez de dois.

Outro fator que pesa para a ocorrência de casos como esse é o prazo, uma vez que, para se ajustar à grade, muitos eventos estão com prazos mais curtos para montagem e desmontagem.

Finalmente, pesa também o fator financeiro, pois com orçamento e tempo para planejar, dá para construir e montar tudo. Mas estamos em uma fase de verbas abaixo do nível desejado pelos clientes e decisões estão sendo feitas em cima da hora.

O resultado, segundo Passos é que, com menos profissionais, mais estandes, prazos menores, estrutura precarizada e verba reduzida, tudo isso é a fórmula perfeita para algo dar errado.

Apesar do susto na APAS Show, felizmente ninguém se feriu no acidente e os organizadores já normalizaram a situação.

Tags: apas-show melhores-da-semana estandes setor-de-eventos