GENTE

GENTE

Campanhas celebram Dia Internacional da Mulher

Campanhas celebram Dia Internacional da Mulher

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


8 de Março de 2022

O Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa celebrada no mundo inteiro desde a década de 1970, quando foi oficializado pela Organização das Nações Unidas.

Trata-se de um dia que é um símbolo da luta histórica das mulheres para terem acesso a condições iguais aos homens. Inicialmente as reivindicações abrangiam questões de igualdade salarial, direitos e oportunidades, mas atualmente também incluem a luta contra o machismo, a misoginia e o feminicídio.

Além de ser uma data de celebração das conquistas alcançadas, o Dia Internacional da Mulher é uma data de luta e que trata de temas cada vez mais atuais e que ainda representam obstáculos para se atingir a igualdade.

E, como não poderia deixar de ser, é uma data repleta de campanhas, iniciativas, promoções dentro do das empresas e do mercado de publicidade, live marketing e brand experience.

Com as reflexões e discussões realizadas no Dia Internacional da Mulher, há um grande debate sobre a presença feminina no mercado de trabalho e o incentivo à equidade de gênero. Várias empresas assumiram compromissos nessa direção, como é o caso da BRF, que anunciou o avanço alcançado na meta de ter mais mulheres em cargos de liderança.

No ano passado, a marca assinou o Pacto Global da ONU, assumindo um compromisso de ter 30% de mulheres em posições de alta liderança até 2025. A empresa encerrou 2021 com 24% de mulheres presentes em cargos executivos.

Para alcançar os objetivos deste compromisso, a BRF implementou várias ações globais, como o “Lidere como uma Mulher’, uma jornada de aceleração de carreira que inclui encontros com especialistas do mercado com temas relacionados à equidade de gênero, treinamentos técnicos e de habilidades (soft skills) e mentoria.

“Como uma empresa global, a BRF entende a prioridade da pauta para a promoção da igualdade de oportunidades e temos consciência do nosso papel como agente transformador para mudanças positivas, principalmente em nosso setor. Por isso, o tema faz parte da essência da nossa cultura”, destacou Alessandro Bonorino, vice-presidente global de Gente, Gestão e Transformação Digital na BRF.

Um caminho parecido tem sido trilha pela Arcos Dourados, empresa que opera a rede McDonald’s na América Latina e no Caribe. Desde que criou seu Comitê de Diversidade & Inclusão, o Somos, em 2018, a marca tem conquistado um crescimento regular no número de promoções de mulheres anualmente.

No ano passado, 52% de todas as promoções a cargos de liderança da empresa no Brasil foram conquistadas por mulheres.

Ao se levar em conta todas as promoções, elas representam 60%. Ao se considerar apenas para as pessoas promovidas a líderes dos restaurantes McDonald’s no Brasil, a maioria também é composta por mulheres, com cerca de 55% do total.

As conquistas extrapolam o aspecto profissional, contribuindo para a realização de sonhos, como a história da Lucifabia de Jesus, Gerente de Unidade de Negócio do McDonald’s em São Bernardo do Campo, SP. Conhecida como Lara pelos colegas, ela afirma que aos 15 anos se mudou da Bahia para o estado de São Paulo em busca de melhores oportunidades de trabalho, quando conseguiu emprego no McDonald’s.

“Lembro do meu primeiro salário, quando comprei meu primeiro tênis e foi uma alegria que não cabia dentro de mim. Aqui nessa empresa conquistei a minha faculdade, minha casa, ajudei meus pais e toda minha família”, afirma Lara.

Mas ainda há um longo caminho pela frente para se reduzir a desigualdade de gênero nas oportunidades profissionais. Segundo uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres do Brasil ganham 19% menos que os homens. Nos cargos de liderança, essa diferença chega a 30%.

Além disso, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a participação de mulheres no mercado de trabalho foi de apenas 45,8% no terceiro trimestre de 2020, o menor nível desde 1990.

Com isso em mente, a Amazon tem trabalhado para oferecer as mesmas oportunidades para todos os seus colaboradores. A empresa continua com o trabalho para promover a Diversidade, Igualdade e Inclusão, com 46,5% das mulheres em posições de liderança nas Amazon Varejo.

Em nosso País, a empresa também trabalha para conquistar a equidade na representação das mulheres em seus Centros de Distribuição e Estações de Entrega. No Centro do Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, 55% da equipe é feminina, enquanto em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, 63% do pessoal é composto por mulheres.

“Não enfrentei barreiras internas porque sou mulher. Sempre me respeitaram e pude mostrar meu bom desempenho para crescer na minha carreira e ser promovida", afirma Ana Bueno, atualmente líder do Centro de Distribuição de Nova Santa Rita, a primeira mulher que ocupa esse cargo no país.

No ano passado, a Amazon assinou os Princípios de Empoderamento das Mulheres estabelecidos pelo Pacto Global das Nações Unidas e pelas ONU Mulheres.

Além disso, neste 8 de março, o Women@Amazon, maior grupo de colaboradoras da Amazon, participa do tema #QuebrandoPreconceitos no Dia Internacional da Mulher, uma campanha que incentiva todos a desenvolver uma maior compreensão sobre o viés de gênero, estar mais conscientes de sua existência e saber como quebrá-la, pois, só assim podemos pensar em um mundo e nação mais igualitários.

A PepsiCo Brasil também conta com metas robustas em diversidade, com planos de ter 50% dos seus cargos de liderança ocupados por mulheres até 2025, número que atualmente está em 47,6%. O Comitê Executivo (C-Level) no país é composto por cerca de 60% de mulheres.

Além disso, a marca abriu as inscrições para a primeira turma do ano do projeto Mulheres com Propósito, feito em parceria com o FUNDES América Latina.

O programa oferece cursos completamente on-line e gratuitos para formação empreendedora de mulheres de todo o Brasil em três frentes: educação empreendedora, empoderamento econômico e empregabilidade; com o objetivo de expandir a participação feminina no mercado de trabalho e apoiar empreendedoras em seus negócios.

A primeira turma do ano tem início simbólico hoje, 8 de março, em celebração ao Dia Internacional da Mulher. As mulheres que se interessarem podem fazer a inscrição no link até 14 de março.

Além de todas essas ações afirmativas de inclusão, o Dia Internacional da Mulher é marcado por uma série de campanhas publicitárias.

Há várias campanhas que poderiam ser destacadas. Em uma das mais recentes Anitta, Becky G e TINI colaboraram em uma música e falaram sobre seus projetos para empoderar as mulheres da América Latina em uma campanha feita em parceria com o WhatsApp.

Na ação, elas usam as mensagens de voz do WhatsApp para compartilhar ideias, experiências e fortalecer suas expressões artísticas.

Desse modo, as três artistas latinas ajudaram a transformar a cultura na região fazendo suas vozes serem ouvidas além de suas músicas, ampliando mensagens sobre a importância da expressão individual e liderando o diálogo sobre empoderamento.

Para mostrar como elas impulsionaram suas conexões pessoais, o WhatsApp lançou na última sexta, 4 de março a campanha, com o nome "Escúchanos. Míranos - Nos ouçam. Nos vejam", com as três estrelas da música latina.

A campanha incluiu um vídeo curto mostrando como as cantoras usam as mensagens de voz do aplicativo para se manterem conectadas, compartilharem experiências e ideias criativas enquanto colaboram para criar músicas e se apoiarem em uma indústria dominada por homens.

O vídeo, compartilhado nos perfis oficiais do WhatsApp nas redes sociais e nas contas de Instagram de Anitta, Becky G, e TINI, usa o microfone azul do WhatsApp como símbolo do poder que os recursos do aplicativo têm para amplificar as vozes femininas de toda América Latina, oferecendo uma plataforma para falar e promover mudanças progressivas.

Ainda, para dar mais visibilidade para as mensagens de empoderamento compartilhadas por Anitta, Becky G e TINI, o WhatsApp criou pacotes de figurinhas com cada uma das artistas.

As figurinhas já estão disponíveis diretamente no app a partir de hoje, 8 de março - Dia Internacional da Mulher, para os fãs das três artistas terem a oportunidade de compartilhar as imagens com seus amigos e enriquecer as conversas sobre empoderamento feminino.

A sororidade feminina também é tema de destaque neste 8 de março, com a Hershey lançando a edição de 2022 da plataforma HerShe, criada pela BETC HAVAS.

A inspiração para a campanha anual veio dos pronomes femininos HER e SHE (“dela” e “ela”), presentes no nome da marca, que deram início a um movimento consistente de empoderamento feminino e de oportunidade, para destacar milhares de mulheres que buscam visibilidade para seus trabalhos.

A ação ocorreu pela primeira vez em 2020 com a transformação das tradicionais barras de chocolate ao leite Hershey’s em uma galeria de divulgação do trabalho de diversas artistas no Dia Internacional da Mulher, destacando o trabalho de mulheres na música, poesia e ilustração.

No ano passado, o projeto deu um passo a mais e olhou para o sonho das mulheres, com os temas “She Dreams” e “Her Dream” (“Ela Sonha” e “O Sonho Dela”), dando espaço a mulheres talentosas em suas embalagens e com uma galeria de mais de 300 novas artistas no Instagram, música e clipe exclusivos da cantora Yzalú, que virou embaixadora da edição, além de capacitar mulheres com 30 horas de workshop gratuito, com o apoio da Plano Feminino, consultoria de gênero e diversidade.

“A consolidação da campanha para uma plataforma contínua representa um passo importante em torno do nosso compromisso com a equidade de gênero e o empoderamento feminino, temas que permeiam toda a nossa companhia. Nós sabemos que causas importantes como essas precisam de atitudes concretas e consistentes para que tenham a visibilidade que merecem e, então, possam gerar as mudanças positivas que queremos ver. Nosso objetivo ao promover a conexão e o apoio entre as mulheres neste movimento de sororidade é enfatizar que a força que elas precisam para continuar evoluindo está em suas mãos”, destaca Larissa Diniz, Gerente Geral LATAM da Hershey.

Para a edição deste ano, a inspiração da campanha está nos termos “She for Her” e “Her for She” (Dela para Ela, em tradução livre) e irá criar uma rede de indicações e homenagens entre mulheres, colocando a sororidade no centro do debate como um movimento essencial para o empoderamento feminino e avanço da agenda de equidade de gênero.

Com a assinatura “Mulheres apoiando o talento de mulheres. Uma barra de cada vez", a ação conta novamente com as barras temáticas de Hershey’s Ao Leite, marca registrada da plataforma, desde sua criação em 2020.

Com a intenção de dar ainda mais força a todo o conteúdo da campanha deste ano, a rapper indígena Katu Mirim criou uma música exclusiva enaltecendo a sororidade e união entre as mulheres.

A música tem a letra estampada em uma das 6 embalagens de edição limitada, sendo acompanhada de um videoclipe feito 100% por talentos femininos, em cada detalhe, com links no decorrer do vídeo que vão direcionar o público ao trabalho das mulheres envolvidas.

Tendo como objetivo incentivar a participação de meninas e mulheres na Ciência, a Fundação Siemens criou a websérie Experimento Lab com uma protagonista feminina.

Maya, uma astronauta, navega pelo espaço e o cenário inclui nave, elementos galácticos e a companhia de um ajudante extraterrestre.

O primeiro episódio foi lançado no dia 11 de fevereiro (Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência) e pode ser assistido no Youtube.

O próximo será postado na plataforma neste Dia Internacional da Mulher.

“A ideia de ter uma menina como protagonista está diretamente ligada ao conceito de diversidade, um valor forte para a Fundação Siemens. Culturalmente, as meninas vão sendo desencorajadas em seu desenvolvimento científico. A sociedade associa ciência e inovação a meninos e homens”, afirmou Bianca Talassi, Secretária Executiva da Fundação Siemens e Especialista em Sustentabilidade na Siemens.

Por fim, também em celebração a este 8 de março, a Giuliana Flores fez uma parceria com a Companhia de Dança de São Paulo, com a direção de Inês Bógea para criar as fotos da campanha com as bailarinas do grupo, evidenciando a diversidade das mulheres, além de mostrar que presentear com flores é sinônimo de arte, assim como a dança.

“O objetivo da parceria com a Companhia de Dança é mostrar mulheres comuns em cliques cheios de feminilidade e estilo, em diferentes corpos, estilos e idades, valorizando a diversidade e a individualidade que cada mulher carrega consigo”, revelou Clóvis Souza, CEO e fundador da Giuliana Flores.

A campanha do Dia Internacional da Mulher acontecerá durante este mês inteiro no site da Giu, que ganhou uma página exclusiva para escolher o melhor presente para a tão especial mulher.

Tags: Marketing campanhas Dia-Internacional-da-Mulher inclusao melhores-da-semana