ESG

ESG

Americanas oferecerá letramento racial para 100% dos colaboradores

Americanas oferecerá letramento racial para 100% dos colaboradores

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


13 de Agosto de 2022

A Americanas S.A., que faz parte do MOVER – Movimento pela Equidade Racial, avança em seu compromisso antirracista e divulgou uma parceria com o Instituto Identidades do Brasil (ID_BR) - organização sem fins lucrativos, pioneira no Brasil e 100% comprometida com a aceleração da promoção da igualdade racial

A ação tem o objetivo de oferecer letramento racial a 100% dos mais de 40 mil colaboradores e colaboradoras da empresa através de uma trilha de letramento racial em parceria com o ID_BR especialmente direcionada para os desafios de uma grande companhia do varejo. 

Leia também: Puma promove conferência de sustentabilidade com Geração Z

O curso fará parte do onboarding de novos profissionais e também contemplará a alta liderança da companhia, incluindo o C-Level, a operação de lojas e centros de distribuição, e todas as áreas administrativas. 

A iniciativa está alinhada ao pilar social da estratégia ESG da Americanas S.A. e se junta a outras ações para a promoção da diversidade e da equidade racial.

A partir do ingresso na formação de letramento, a Americanas S.A. adere à primeira etapa do Selo Sim à Igualdade Racial, chamada Compromisso. Nela, as empresas reforçam o compromisso de empresas e organizações com a equidade racial. 

O primeiro curso aplicado será o "ABC da Raça", com foco em uma abordagem didática sobre raça, racismo, etnia, cultura preta e também sobre a importância do respeito à diversidade e de iniciativas e ações antirracistas no mercado de trabalho e no dia a dia. Serão formadas diversas turmas, que contarão com a participação de membros da diretoria, reforçando a intenção de fortalecer a cultura antirracista em todas as esferas da companhia. 

A trilha engloba ainda a criação de novos grupos de afinidade, cartilhas e treinamentos com foco em áreas específicas, como Comunicação e Marketing, entre outras.

“O início do letramento dos nossos associados e associadas é um marco na nossa trajetória ESG e um passo importante em direção à companhia e à sociedade que queremos ver no futuro. Temos o comprometimento de contribuir com a formação de uma cultura antirracista em todas as esferas do negócio, do corporativo à operação, e combater as desigualdades estruturais e institucionais diretas e indiretas em nossa sociedade”, detalha Milena de Andrade, diretora de Gente e Gestão da Americanas S.A.

Milena de Andrade_Diretora de Gente & Gestão da Americanas S.A. 

O processo de letramento também irá auxiliar na realização de um estudo para identificação da realidade racial da companhia e, posteriormente, na criação de metas afirmativas atreladas à temática. “Queremos que todos se entendam em seus lugares e identidades, e assumam para si e no coletivo a responsabilidade da criação de uma sociedade menos desigual”, acrescenta Milena.

“Quando uma empresa como a Americanas S.A se levanta pela igualdade racial, todos se levantam junto com ela. O papel do ID_BR tem sido apoiar as organizações a se erguerem de forma mais afirmativa e proativa em prol da diversidade e inclusão. A Americanas diz Sim à Igualdade Racial, e o instituto vai seguir junto apoiando nesta jornada, que certamente influenciará outras tantas empresas”, conclui Luana Génot, fundadora e diretora executiva do ID_BR.

Tags: varejo diversidade racismo americanas inclusao sociedade conteudo