ENTRETENIMENTO

ENTRETENIMENTO

A exuberância do Coachella no deserto da Califórnia. Confira as imagens!

A exuberância do Coachella no deserto da Califórnia. Confira as imagens!

Este canal é patrocinado por
Este canal é patrocinado por


21 de Abril de 2022

Passaram três anos desde a última vez que as luzes e os sons do festival Coachella tinham invadido esta parte habitualmente tranquila do deserto californiano. E Neste fim-de-semana, com 100 mil pessoas se esbaldaram ao sol no mega festival, o sentimento é de catarse pós-pandêmica.

O gigantesco festival de música começou na sexta-feira e se estende por dois finais de semana consecutivos de três dias no exclusivo Empire Polo Club, na cidade de Indio, com pouco mais de 90 mil habitantes.

Galeria de imagens mostra o clima do festival no deserto da Califórnia

 

Este município acolhe vários festivais que geram um lucro direto anual de cerca de 3 milhões de dólares, segundo estimativas oficiais. No entanto, com as restrições sanitárias decorrentes da pandemia, esta fonte de renda foi afetada.

“Tínhamos tudo pronto para chegar em 2020, mas tudo foi cancelado com a pandemia”, diz Medina, dono do “Cena Vegana”. Somente na sexta-feira, na inauguração, ele já vendeu mais de mil burritos.

O festival recebe mais de 125 mil pessoas por dia, que vêm assistir aos shows de dezenas de artistas renomados. Milhares de espectadores ficam em Indio ou Palm Springs, ou acampam em locais próximos ao evento, onde perambulam até 12 horas por dia.

Clicando aqui... Assista compacto dos shows no Coachella

Os hotéis de Palm Springs celebram a chegada de milhares de pessoas à região.

“Estava muito calmo por alguns anos, mas agora estamos cheios. Estamos felizes”, disse à AFP Char Pershind, gerente do hotel Zoso.

Quase todos os 162 quartos estão ocupados por espectadores ou funcionários ligados ao festival. Praticamente tudo está esgotado para o próximo fim de semana.

Para Pershind, que trabalhou em outro hotel da região em 2019, quando foi realizada a última edição do Coachella, este ano chegaram muito mais pessoas. “As pessoas estão esperando há tanto tempo. Elas querem sair e curtir a atmosfera. Acho que elas vêm pela música, mas também por muito mais”, diz ele.

No Empire Polo Club, o público tem infinitas opções de fast food e bebidas. Conforme o sol se põe, as filas crescem nas barracas distribuídas entre os sete palcos.

“O início foi um pouco difícil para nós porque é a primeira vez que trabalhamos nesse modelo de vendas, mas quando as pessoas começaram a chegar no meio da tarde estávamos prontos e depois das 16h não paramos um segundo até 1h00?, diz Santiago Restrepo, que estreou este ano no festival com “Sus Arepas”, vendendo a tradicional broa de milho venezuelana.

“Foi ótimo para nós, realmente foi um excelente primeiro dia e hoje achamos que vai ser melhor”, acrescentou Restrepo diante de uma longa fila de clientes na tarde de sábado.

"Este foi um tempo de mudanças incríveis", disse Win Butler, vocalista dos Arcade Fire, a meio da atuação. "Mas não podemos deixar que nos mude ou nos quebre."

O concerto surpresa da banda, que foi anunciado apenas um dia antes do início do festival Coachella, tornou-se num dos momentos mais memoráveis deste regresso. A performance exímia da banda foi acompanhada de uma audiência entusiasmada, cantando em uníssono músicas como Rebellion (Lies), Afterlife, Everything Now, Rabbit hole e Wake Up.

Butler recordou como os Arcade Fire foram introduzidos ao mundo neste festival, em 2005, e lançou-se numa diatribe contra o poder da Ticketmaster. Mais de uma hora de concerto deu também para um momento de "crowd surfing", algumas palavras sobre a Ucrânia e uma explosão de cor com infláveis gigantes.

Anitta arrasou e impressionou imprensa internacional em sua estreia no Coachella

Anitta levou um pouco do Brasil em seu show no Coachella, que aconteceu na Califórnia na noite de ontem. Com um look verde e amarelo, a cantora chegou de moto no palco com cenário de favela. Logo na abertura, o astro Snoop Dogg apareceu e cantou "Onda Diferente" junto com a artista. Outro feat foi com a rapper Saweetie, que participou do evento ao cantar o hit "Faking Love" com a brasileira.

Anitta e Snoop Dogg

Pabllo Vittar faz história no Coachella

Após o fantástico show de Anitta na sexta-feira (15), foi a vez de Pabllo Vittar subir ao palco do Coachella neste sábado (16) e fazer história. A artista brasileira se tornou a primeira drag queen da história a se apresentar no maior festival de música pop do mundo.

Pabllo subiu no palco na Califórnia (EUA) na noite de sábado (madrugada de domingo no Brasil) com cabelo solto, maiô preto e acompanhada de seus bailarinos. A apresentação durou pouco mais de 40 minutos e contou com a participação especial da artista nipo-britânica Rina Sawayama.

O repertório contou com diversos sucessos de Pabllo, como “Bandida”, “Amor de Que”, “Sua cara” e “Nocaute”, além de músicas de seu último álbum, “I am Pabllo”, como “Buzina” e “Salvaje”.

Emocionada, Pabllo encerrou seu show com “Nocaute” e agradeceu ao público presente e a oportunidade de se apresentar no Coachella. Assim como Anitta, a artista volta aos palcos do festival no próximo fim de semana.

Tags: melhores-da-semana festivais Coachella musica global-experiences